Adolescentes baleadas em colégio de Goiânia seguem internadas, sem previsão de alta

Mais de 10 dias após a tragédia, quadro clínico das duas jovens se mantém o mesmo

O Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) divulgou na manhã desta sexta-feira (3/11) novo boletim sobre o estado de saúde de duas adolescentes baleadas por um colega, no último dia 20, no Colégio Goyases, na capital.

Segundo a nota, M.R.M. segue internada na enfermaria, orientada, consciente, com respiração espontânea e sem febre, alimentando-se por via oral e sem se queixar de dores para a equipe de assistência.

Outra jovem, I.M.S., também continua internada em uma unidade de terapia intensiva (UTI), em estado regular, orientada, consciente e respirando de forma espontânea, com auxílio de oxigênio.

De acordo com o boletim do hospital, o quadro clínico das duas jovens se mantém o mesmo e ainda não há previsão de alta para as duas meninas.

 

Deixe um comentário