Adolescente é apreendido como suspeito de esfaquear repórter da Globo

O comparsa dele seria maior de idade e é procurado pelos investigadores da 3ª Delegacia de Polícia pelo crime contra Gabriel Luiz

Gabriel Luiz, da TV Globo, e imagem de câmera que mostra um dos suspeitos de esfaqueá-lo | Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) apreendeu, na tarde da sexta-feira, 15, um dos suspeitos de esfaquear brutalmente Gabriel Luiz, jornalista da TV Globo em Brasília, de 28 anos. Conforme apurou o portal Metrópoles, a corporação conseguiu deter um dos autores em menos de 20 horas após o crime. Trata-se de um rapaz menor de idade.

O comparsa dele no crime, que seria um jovem com mais de 18 anos, ainda é procurado por investigadores da 3ª Delegacia de Polícia (Cruzeiro). O adolescente confessou ter segurado o jornalista para o colega desferir os golpes com arma branca. Ele foi encaminhado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

O repórter foi atacado perto do prédio onde mora, no Sudoeste, na noite de quinta-feira, 14. A principal linha de investigação da PCDF é a de tentativa de latrocínio. Os bandidos levaram o celular de Gabriel Luiz, mas o descartaram nas proximidades do local do crime. A carteira do jornalista não foi roubada.

Após passar por cirurgias durante a madrugada e a manhã desta sexta, Gabriel Luiz conseguiu escrever um bilhete e entregar à equipe médica da unidade de saúde. Segundo integrantes da equipe que acompanham o quadro clínico do repórter, logo depois da visita do pai, Gabriel fez desenhos de corações e os dizeres “Te amo”, e entregou a uma médica.

Ele foi transferido para a UTI do Hospital Brasília, no Lago Sul, por volta das 14h40 desta sexta. O jornalista seguirá internado na unidade de saúde até a completa recuperação.

* Com informações do portal Metrópoles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.