Acusado de matar advogado goiano é preso em Tocantins

Polícia Civil prendeu um dos envolvidos no crime contra o advogado e ex-policial federal Silvio José Dourado

Foi preso um dos suspeitos pelo assassinato do advogado e ex-agente da Polícia Federal, Silvio José Dourado. O acusado é Ilzemar de Sena Ferreira, que foi preso na cidade de Peixe, em Tocantins. O crime foi no dia 17 de abril, na esquina da Avenida T-63 com Avenida Circular, quando um motociclista disparou contra o advogado em um semáforo. 

A investigação foi coordenada pelos delegados Francisco Costa e Rilmo Braga, com apoio da Polícia Civil de tocantins. A prisão foi feita no dia 18 deste mês. Izelmar é acusado de planejar e ajudar na execução do advogado.

Ilzemar de Sena Ferreira, suspeito de ter envolvimento no homicídio de Silvio José Dourado | Foto: PC

O motivo do crime, segundo a Polícia Civil, foi ciúmes. O advogado Silvio José matinha relação com a ex-companheira de um homem apontado como líder de uma organização criminosa especializada em tráfico. Esse homem, conhecido pela polícia como João Soares Rocha, foi quem ordenou a execução do advogado.

Investigação

Segundo as investigações da Polícia Civil, o advogado Silvio José mantinha um relacionamento amoroso com a ex-companheira de João Soares Rocha, conhecido como Rochinha. Ele  foi apontado pela Operação Flak, da Polícia Federal de Tocantins, com sendo o chefe de uma organização criminosa que distribui drogas no Brasil e em diversos outros Países.

Rochinha não teria aceitado o final do relacionamento, bem como não admitia que sua ex-companheira se relacionasse com o advogado. Em razão disso, contratou Ilzemar, e outro homem conhecido como Ivan para matar Silvio. Ilzemar foi o responsável por planejar toda a empreitada criminosa, fornecendo a moto e arma usada no crime, bem como dando todo suporte necessário no momento do crime.

No dia do crime Ivan era quem conduzia a moto e quem fez os disparos contra o advogado. Logo em seguida ele abandonou a moto e entrou no carro de Ilzemar. Os dois fugiram do Estado. Na quinta feira, 18, os policiais conseguiram localizar e prender Ilzemar em uma chácara de difícil acesso na zona rural da cidade de Peixe/TO.

Ivan já havia sido preso no começo de maio, no município de Araguaína/TO. A polícia segue as buscas por Rochinha, que é considerado foragido da justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.