Acordo milionário põe fim a guerra entre Valmir Lucas e Goiás Esporte Clube

Conciliação entre as partes ocorreu nesta semana e terminou estimada em aproximadamente R$ 1,1 mi

Ex-zagueiro do Goiás, Valmir Lucas / Foto: Divulgação

O ex-zagueiro do Goiás Esporte Clube, Valmir Lucas, acertou, na justiça, um acordo milionário com o clube de futebol. A conciliação entre as partes, homologada pelo juiz João Rodrigues Pereira, da 5ª Vara do Trabalho de Goiânia, ocorreu nesta semana e foi estimada em aproximadamente R$ 1,1 mi. O magistrado protocolou ainda a desistência de agravos relativos a outra ação trabalhista até então pendente no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Em 2016, o atleta requereu o pagamento de verbas rescisórias de contratos assinados com o clube anteriormente. Em fevereiro do ano passado a Justiça determinou que o Goiás pagasse ao jogador valores referentes ao adicional noturno e dias trabalhados em período de folga não compensados.

O atleta também será indenizado por acidente de trabalho. Isso porque Valmir Lucas sofreu duas lesões no joelho no período em que esteve vinculado ao clube — o atleta ficou inapto de setembro de 2014 a agosto de 2015.

A decisão foi tomada com base no entendimento de que o vínculo empregatício mantido entre o jogador e o clube não ser regido pela Consolidação Trabalhista, há um prazo determinado estabelecido para os contratos: de três meses a cinco anos.

Contudo, a desembargadora Iara Teixeira Rios interpretou que, ainda que as atividades noturnas sejam inerentes a profissão de Valmir Lucas, ele terá o direito de receber pelo adicional noturno nos dias trabalhados. Ou seja, a partir da reforma da desembargadora, os períodos em que o atleta se afastou para se recuperar das lesões foram desconsiderados.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.