Ação do Hospital das Clínicas mantém pacientes com Covid-19 conectados ao mundo, mesmo em isolamento

Equipe de Comunicação criou Jornal Aconchego, com notícias selecionadas, além de deixar mensagens positivas, fotos e vídeos de familiares e correio elegante a pacientes isolados após infecção pelo novo coronavírus

Hospital das Clínicas | Foto: UFG

Uma parceria entre equipes de Terapia Ocupacional, Serviço Social, Psicologia, Nutrição Clínica, Enfermagem e equipe médica do Hospital das Clínicas, o HC formou um time de Comunicação para dar apoio a pacientes em processo de hospitalização e isolamento, e seus familiares.

A ideia partiu do geriatra paliativista Ricardo Borges, com as equipes de Serviço Social e Psicologia. O grupo realiza ações de suporte emocional a estes pacientes que não podem receber visitas, o que causa bastante angústia nas famílias de infectados pela Covid-19.


O processo de isolamento é duro e doloroso para ambas as partes. Esse projeto, portanto, tem o papel de contribuir para a humanização e ambiência destes pacientes, que estão completamente isolados, pois não podem receber visitas, estão em um ambiente estressante, que é o ambiente hospitalar, e vivendo a quebra do seu cotidiano”, explicou Nathália Cristina Silva Pereira, terapeuta ocupacional do time de Comunicação do HC-UFG.


A família recebe o contato do Serviço Social, que mantém trocas de mensagens por Whatsapp diariamente para envio de boletim médico e esclarecimento de dúvidas e preocupações. Pacientes da clínica recebem jornais preparados pela equipe de Terapia Ocupacional. Os jornais são distribuídos às 7 horas da manhã, junto com o café, para que os pacientes não estejam desorientados ao deixar a clínica.


Começamos a entrar em contato com as famílias para saber o que cada paciente gostava, mas percebemos que estávamos abrangendo um número pequeno deles e nós queríamos abranger toda a Clínica. Por isso, passamos a confeccionar jornais comuns, que trazem informações locais e do mundo e notícias diárias, direcionados a todos pacientes da Clínica, com os objetivos de trazer orientação relacionada ao tempo e espaço e promover estímulos cognitivos a pacientes, pois muitos ficam apáticos e confusos durante o tempo de internação”, afirmou Patrícia Ferreira.


O jornal, intitulado de “Aconchego” contém bricandeiras, jogos, piadas, receitas e notícias, além de informações quanto ao auxílio emergencial, auxílio-doença e outros direitos do paciente. Ainda, mensagens positivas coladas às refeições, correio elegante, além do envio aos pacientes mais graves, em coma, de fotos, vídeos e mensagens repassadas pelos familiares também são entregues como maneira de estimulação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.