Acampamento de Sara Winter na Esplanada é desmanchado pela PM

Acampamento “300 do Brasil”, liderado pela ativista Sara Winter era um manifesto em apoio ao presidente Jair Bolsonaro

O acampamento liderado pela ativista Sara Winter em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi desmanchado pela PM na manhã deste sábado, 13. A operação foi coordenada pela Secretaria de Segurança Pública e o DF Legal desocupou a área pública em cumprimento a um conjunto de leis federais e locais, além do decreto do GDF que proíbe aglomeração por conta da pandemia mundial do coronavírus.

Os apoiadores de Bolsonaro ligados ao movimento que se intitula “300 do Brasil”, estava ao lado do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A desmobilização do acampamento é alvo de uma ação civil pública das 1ª e 2ª promotorias de Justiça Militar do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Em caráter de urgência, o órgão pediu à Justiça a desmobilização do grupo intitulado Os 300 do Brasil e a proibição da retomada do movimento, que se reúne em Brasília desde o fim de abril com o intuito de “treinar” apoiadores do presidente Jair Bolsonaro para, dentre outros objetivos, “expor e combater o totalitarismo da esquerda”. Este mês, aJustiça negou pedido do MPDFT.

A militante Sara Winter, usou as redes sociais para criticar a ação do governo e cobrou de Bolsonaro uma posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.