Em decorrência da pandemia, retomada de festival ocorre de modo remoto. Premiação soma R$185 mil e deverá contemplar mais filmes das mostras competitivas

Foto: Divulgação

A Secretaria de Cultura (Secult Goiás) irá realizar a 21ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica 2020) entre os dias 5 e 11 de outubro, excepcionalmente em formato digital, em decorrência da pandemia de Covid-19. A programação do evento será transmitida por meio das plataformas digitais do festival.


Além das mostras competitiva e paralela, haverá palestras, mesa de debates, oficinas, laboratório goiano, fórum sócio ambiental tudo por meio digital. No palco do Cine Teatro São Joaquim, em Vila Boa, shows locais e regionais ocorrerão por meio de lives. O Teatro Goiânia também receberá artistas.


Um júri especializado composto por cinco membros irá selecionar quais das obras inscritas participarão da Mostra Competitiva e das paralelas, dentre as inscritas que se adequarem aos regulamentos do evento. Os selecionados serão divulgados no site www.fica.go.gov.br, mas ainda não foram definidas as datas de inscrição e publicação das selecionadas.


A premiação do Fica neste ano soma R$185 mil. Os valores serão pagos para mostras competitivas e também para o prêmio José Petrillo em forma de taxa de seleção para cada filme selecionados nas mostras competitivas. Com isso, o festival busca amenizar o impacto da crise, contemplando uma maior quantidade de filmes com os recursos.