Desde o decreto da Prefeitura que determina multa para quem não usar a proteção, apenas uma pessoa foi multada por insistir em descumprir regra

Maioria dos goianienses aderiram ao uso das máscaras de proteção | Foto: Foto: Henrique Kawaminami

Segundo o porta-voz da Guarda Civil Metropolitana, Janilson Saldanha, a população está fazendo sua parte e tem respeitado o decreto municipal, que institui multa de R$637 para quem transitar sem o uso da proteção de rosto.

“A maioria tem essa consciência e porta as vezes até duas máscaras, uma no rosto e a outra no bolso como reserva”, conta. “Somente uma pessoa se negou a usar a máscara, desacatou e desobedeceu a guarnição da GCM, sendo assim conduzido à Central de Flagrantes. Respondendo os Artigos 268, 331 e 330 do C.P”, relatou ao Jornal Opção.

Segundo Saldanha, o local onde mais são flagradas pessoas descumprindo a regra das máscaras na capital são em parques e praças. Ele recomenda que as pessoas, ao verificarem tal situação, denuncie no aplicativo Prefeitura 24 horas.

“Ao serem abordadas pela GCM as pessoas prontamente colocam as máscaras na face sem nenhum tipo de resistência, alegando esquecimento e dificuldade para respirar com a máscara”, disse o porta-voz. Quem, mesmo após a abordagem, se negar a fazer uso da proteção pode acabar na delegacia.