“Realidade Inflada? Ainda querendo maquiar? Cuidado. A morte está na espreita e na conta dos incautos. Reflita e reze” escreveu ex-ministro da Saúde

O ex- ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Foto: Reprodução.

Nesta sexta-feira, 12, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta usou o Twitter para criticar ações no combate ao novo coronavírus no Brasil. O país superou a marca das 40 mil mortes na quinta-feira, 11.

O presidente Jair Bolsonaro, no dia 11 de junho, afirmou que, para alguns, há ganho político com o aumento do número de mortes e que ninguém no país perdeu a vida por falta de respirador ou leito. O presidente ainda sugeriu que seus seguidores entrem em hospitais públicos para filmar os leitos de UTI.

Mandetta não mencionou o presidente da República, mas citou trecho bíblico usado por ele de forma recorrente – João 8:32: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

“Quantos dos 800000 casos confirmados e das 41000 vidas perdidas a atitude tola foi a responsável? Realidade Inflada ? Ainda querendo maquiar? Cuidado. A morte está na espreita e na conta dos incautos. Reflita e reze. Fique com João 8:32 . Não cite. Pratique!”, escreveu o ex-ministro na publicação.