894 ucranianos desembarcaram no Brasil desde o início da guerra, diz PF

Jair Bolsonaro garantiu que irá regulamentar a entrada dos cidadãos ucranianos no país através do passaporte humanitário brasileiro

Dados divulgados pela Polícia Federal, nesta sexta-feira, 18, apontam que o Brasil já recebeu 894 ucranianos em seu território, desde o início da guerra da Ucrânia com a Rússia. No fim de fevereiro, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), garantiu que irá regulamentar a entrada dos cidadãos ucranianos no país através de uma portaria: o passaporte humanitário brasileiro.

Ainsa segundo dados da PF, considerando o período entre 24 de fevereiro e 17 de março, ainda existem 21 pedidos para visto temporário, cinco solicitações para residente e dois pedidos para visto provisório pendentes. Esses 894 ucranianos fazem parte dos mais de 3,1 milhões de pessoas, de acordo com a Agência da ONU para Refugiados (Acnur) que conseguiram fugir do país e agora estão refugiadas da Ucrânia.

Na última semana, o avião KC-390, da Força Aérea Brasileira, pousou em Brasília, com refugiados da Ucrânia. Na aeronave, estavam 42 brasileiros, 20 ucranianos, 5 argentinos e um colombianos. Entre os passageiros, que foram recepcionados por Jair Bolsonaro ao pousarem no Brasil, 14 eram crianças. Antes de sair de Brasília, a aeronave se encontrava na base aérea de Anápolis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.