85 anos: Conheça os motivos que tornam Goiânia uma das cidades mais peculiares do mundo

Jornal Opção fez lista em comemoração ao aniversário da capital goiana, celebrado nesta quarta-feira (24)

No final do ano 1932, por força de um decreto estadual, o governador à época, Pedro Ludovico Teixeira, nomeado interventor federal pelo então presidente Getúlio Vargas, começou a procurar pelo local onde seria construída uma nova capital para Goiás. Meses depois, o local determinado por Pedro e uma equipe foi escolhido: a região às margens do córrego Botafogo, onde existiam as fazendas – com nomes bem familiares aos goianos – Criméia, Vaca Brava e Botafogo, dentro do município de Campinas.

85 anos depois de muita história, Goiânia, com seus mais de dois milhões de habitantes, se tornou uma referência nacional por diversos motivos, colecionando unicidades e peculiaridades durante seu desenvolvimento. Por isso, o Jornal Opção listou 12 razões para celebrar o aniversário da capital, comemorado nesta quarta-feira (24/10). Confira:

Foto: divulgação

  1. Festival com maior palco do mundo

O Villa Mix Festival Goiânia realizado em julho deste ano superou o próprio recorde e trouxe à capital de Goiás o maior palco do mundo, eleito pelo Guiness Book, o livro dos recordes. Neste ano, a estrutura atingiu 69,37 metros de altura – equivalente a um edifício de 23 andares –, contra os 52,30 metros da edição anterior. Já a área total do palco alcançou os 2.900,00 metros quadrados, contra os 2.788,39 metros quadrados. Assim, o palco deste ano tem 111,61 metros quadrados a mais do que o de 2015 e quase 18 metros mais alto.

Foto: divulgação

  1. Maior piscina de bolinhas do mundo

Todos sabem que não é só criança que gosta de brincar, principalmente quando se trata de uma piscina de bolinhas. Mas é só Goiânia que possui a maior do mundo. O parque, que fica no Passeio das Águas Shopping, tem 2.635m² e conta com 2,4 milhões de bolinhas. Lembrando que para entrar na brincadeira, não há limite de idade.

Foto: divulgação

  1. Maiores ônibus de transporte público do mundo

Desde 2011, Goiânia já possui a versão biarticulada dos maiores ônibus do mundo, com 28 metros de comprimento. Escolhido pela população para ser fabricado na cor azul, os veículos circulam pelo Eixo Anhanguera, o corredor de transporte coletivo exclusivo, na modalidade BRT, da capital. Os ônibus transportam mais de 250 mil passageiros por dia.

Foto: divulgação

  1. Maior Museu de Ornitologia do mundo

A coleção que possui mais de cento e vinte mil peças é da Fundação Museu de Ornitologia localizado na Avenida Pará, em Campinas. O museu foi fundado em 1968, mas ficou fechado por volta de três anos, sendo reaberto em 2017. O acervo, avaliado em cerca quinze milhões de dólares, é considerado o maior do mundo e conta com exemplares pré-históricos e curiosidades do mundo animal.

Foto: divulgação

  1. Prédio mais alto do Brasil

O Órion Business & Health Complex, empreendimento comercial no Setor Marista chama atenção. Orçada em R$ 350 milhões, a obra vai abrigar um hospital, hotéis e shopping. O edifício possui 191,48 metros e é, atualmente, o mais alto do Brasil.

Foto: divulgação

  1. Restaurante mais alto do Brasil

Ainda falando sobre o Órion, o restaurante/bar mais alto do Brasil também habita o edifício que fica em Goiânia. O Grá Bistrô Rooftop fica a quase 200 metros do chão e proporciona uma vista panorâmica da capital. Lá os clientes encontram os conceitos de alta gastronomia com pratos assinados pelo chef Ian Baiocchi, que diz ter cuiddado pessoalmente de cada detalhe do espaço.

Foto: divulgação

  1. Edifício residencial mais alto do Centro-Oeste

Ainda sobre as façanhas imobiliárias da capital, Goiânia terá o mais alto residencial do Centro-Oeste e o segundo do Brasil. O Kingdom Park Residence, em construção pela MA Incorporadora e SIM Engenharia, está ao lado do Parque Vaca Brava, possui 175,09 metros e 52 pavimentos. Segundo a Revista Vamos da Latam, é o quinto maior da América Latina.

Foto: divulgação

  1. Cidade mais arborizada no Brasil e a segunda no mundo

Não é difícil dar de cara com árvores floridas como ipês em Goiânia semanas que antecedem o aniversário da capital. Isso por que a capital é a cidade mais arborizada do País e a segunda no mundo. A capital goiana perde, apenas, para Edmonton, no Canadá, que detém a concentração de 100 m² de árvores por habitante. São cerca de 950 mil árvores, sendo 382 espécies diferentes. Entre elas, as mais comuns são as monguba, sibipiruna e guariroba

Foto: divulgação

  1. Segundo maior acervo de artc déco no mundo

Apesar de Miami ter o maior acervo art déco do mundo, Goiânia vem em seguida com a medalha de prata. A capital conta com 22 edificações em art déco tombadas pelo Instituto Nacional do Patrimônio Artístico Nacional (Iphan) e a Praça Cívica, onde fica a administração do estado, concentra a maioria dos prédios do mesmo estilo na cidade. São 11, incluindo o Palácio das Esmeraldas, sede do governo estadual. Perto dali ficam o Lyceu de Goiânia e a Estação Ferroviária. Foram os edifícios tombados, vários outros conservam o estilo arquitetônico que da gosto de ver.

Foto: divulgação

  1. Maior feira ao ar livre da América Latina

A Feira Hippie de Goiânia é um dos principais centros de compras e vendas da América Latina e também a maior. O complexo, que já existe há mais de 40 anos, acontece na Praça do Trabalhador, no Setor Norte Ferroviário todo final de semana.

Foto: divulgação

  1. Capital dos pit dogs

Cada capital possui suas lanchonetes de rua que são chamados de diversos nomes, mas em Goiânia o povo conhece mesmo como pit-dogs. O assunto é tão levado a sério que existe até um sindicato dos proprietários de Pit-dog em Goiânia, o Sindpit-dog. Segundo dados da entidade, são mais de 800 pit-dogs e sanduicherias em Goiânia, que vendem de 100 a mil sanduíches por dia, cada.

Foto: divulgação

  1. Culinária regional marcante

A culinária goiana, além dos pit-dogs, tem sabor de comida caseira e quase sempre feita com muito amor, seja pela família ou pelos restaurantes de comida raiz. Com pratos típicos únicos, em Goiânia são encontrados a galinhada, frango com pequi, frango com guariroba, galinha caipira, empadão goiano, arroz com suã, carne na lata, chica doida, paçoca, peixe na telha e, claro, a famosa pamonha. São pratos que marcam a região e sua capital.

Foto: divulgação

  1. Uma das capitais mais baratas do Brasil

O preço dos imóveis por m² em Goiânia é um dos mais baratos do país e, por isso, a cidade é um dos destinos mais procurados por investidores e potenciais moradores de outros estados. Em muitos casos, com o mesmo valor aplicado em um apartamento na cidade de São Paulo, é possível comprar um imóvel com o dobro do tamanho, em uma região nobre de Goiânia, por exemplo. O índice FipeZap revelou que a média do m² na capital é de R$ 4.137, enquanto São Paulo tem R$ 8.475; valor das unidades residenciais teve, em 2017, a primeira queda em 10 anos no país.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.