84 presos são transferidos do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia

Ações fazem parte da política implementada pela DGAP para preservar a segurança nos presídios goianos

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em operação realizada na manhã desta segunda-feira (26/3), a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) concluiu a movimentação de 84 presos que estavam em unidades do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. A maioria seguiu para os presídios estaduais de Anápolis e Formosa. Três foram remanejados para o Núcleo de Custódia.

Com forte esquema de segurança, a operação teve início por volta das 5 horas da manhã desta segunda-feira (26/3), quando nove presos da Penitenciária Odenir Guimarães (POG), dez da Casa de Prisão Provisória (CPP), 29 do Núcleo de Custódia e dois da Central de Triagem, seguiram para o Presídio Estadual de Anápolis.

Para o presídio de Formosa seguiram 18 detentos da POG, dez da CPP e três do Núcleo de Custódia. O Núcleo de Custódia, por sua vez, recebeu três presos que estavam na Penitenciária Odenir Guimarães.

As ações fazem parte da política implementada pela DGAP, onde os presos são recambiados com base em levantamento dos serviços de inteligência do órgão, de modo a preservar a segurança nos presídios goianos.

A operação foi realizada pelo Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (Gope), com o apoio da Regional Metropolitana Penitenciária e do Comando de Missões Especiais da Polícia Militar (Grupo de Radiopatrulha Aérea (GRAer), Batalhão de Operações Especiais (Bope), Regimento de Polícia Montada (RPMont), Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro) e Batalhão de Choque).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.