73% das crianças e adolescentes que se acidentaram no trânsito tiveram sequelas permanentes

Levantamento da Seguradora Líder aponta dados de janeiro a agosto de 2020

De acordo com levantamento, 4.300 crianças vítimas de acidentes estavam em condições de pedestres | Foto: Reprodução/ Portal do Trânsito

Levantamento da Seguradora Líder, que administra o Seguro DPVAT, 25% dos brasileiros entre 0 e 17 anos são vítimas frequentes de acidentes de trânsito.

A Seguradora Líder alerta, neste Dia das Crianças, que 73% de 7,7 mil acidentados nessa faixa etária ficaram com sequelas permanentes em ocorrências entre janeiro e agosto de 2020. Ou seja, 5.707 crianças e adolescentes indenizados por invalidez.

O DPVAT pagou reembolso de despesas médicas e suplementares a 14% (1.135) dessas vítimas. Outros 12% (957) dos benefícios foram pagos para familiares de vítimas infanto-juvenis que não sobreviveram.

A maioria dos acidentes com crianças e adolescente (57%) ocorrem com motocicletas. Foram 4.485 sinistros pagos. Já os carros representam 2.631 ocorrências. Caminhões e pick-ups são 453 indenizações pagas. Ônibus, micro-ônibus e vans são 194 pagamentos, enquanto ciclomotores responderam por 36 sinistros.

Cuidados extras

“Além dos cuidados ao conduzir crianças e adolescentes como passageiros, é preciso redobrar a atenção nas vias públicas. Para se ter uma ideia, cerca de 4.300 crianças e adolescentes estavam na condição de pedestres quando se acidentaram”, alertou o diretor de Operações e TI da Seguradora Líder, Iran Porto.

Ainda, Iran lembrou que as medidas de proteção são essenciais para se evitar os acidentes com crianças. “Se compararmos o total de indenizações pagas pelo Seguro DPVAT este ano às crianças com idades de 0 a 7 anos, e em de 2008, ano que o uso da cadeirinha passou a ser obrigatório no país, é possível observar uma redução de 50%”, apontou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.