71% das vagas de emprego com carteira assinada vêm de pequenos negócios, diz Caged

Grandes e médias empresas contrataram quase três vezes menos, de 2020 para 2021

Caged aponta que vagas de emprego são geradas na maioria por pequenas empresas. | Foto: reprodução

Dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério da Economia, mostram que 71% do total de vagas criadas no Brasil vêm de pequenos negócios. A diferença de contratos das pequenas empresas é quase três vezes maior, número equivalente a mais de 2 milhões, em relação às médias e grandes, entre o período de julho de 2020 e julho de 2021.

Para o especialista da Kick-Off Consultores, Cláudio Tieghi, esse é, inclusive, um grande motivo para que comerciantes locais sejam apoiados pela comunidade: seja o ‘barzinho’, a padaria, loja de conveniência ou mercadinho. “A economia do Brasil circula essencialmente através dos pequenos negócios. Pessoas que fazem compras no exterior, ou mesmo que vão atrás de promoções em mega centros de vendas, ou hipermercados, acabam levando esses impostos que poderiam ficar para aquela região. Assim, comprar de negócios locais traz um aspecto de desenvolvimento da localidade, além de fortalecer os vínculos também entre consumidor e fornecedor”, pontua.  

O CEO da rede de franquias Paper Pão, Daniel Costa, também ressalta a importância de se incentivar a preferência aos comércios locais. “Comprar do pequeno comerciante, do pequeno prestador de serviços, gera benefícios para todos nós, a geração de empregos é apenas um deles”, acrescenta. Como exemplo, ele menciona a sobrevivência dos pequenos negócios em meio a crise econômica gerada pela pandemia da Covid-19, que principalmente se deu pelo incentivo do consumo do comércio local.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.