Dado tem sido usado para demonstrar, ao Governo Federal, a importância da aquisição de Terapia Nutricional Oral (TNO), um suplemento alimentar capaz de repor vitaminas ao corpo e auxiliar na recuperação do paciente

Foto: Reprodução

De acordo com o parecer técnico-científico elaborado pela Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral (Braspen), 4 a cada 10 pacientes internados em hospitais públicos do Brasil apresentam quadro de desnutrição. Conforme mostrado pelo jornal O Globo, o dado tem sido usado para demonstrar, ao Governo Federal, a importância da aquisição de Terapia Nutricional Oral (TNO), um suplemento alimentar capaz de repor vitaminas ao corpo.

A pesquisa também mostrou que em ambulatório onde esse tipo de terapia é oferecida aos pacientes, são desenvolvidos melhores quadros de internação, bem como melhores condições de respostas imunológicas. Além disso, também foi observado que os pacientes passam a apresentar baixo risco de complicações cirúrgicas e infecciosas e menor probabilidade de desenvolvimento de lesões.

Conforme mostrado pelo O Globo, o TNO é um condimento industrializado que pode ser líquido, pastoso ou em pó. Ele deve ser preparado como bebidas ou adicionado à alimentação dos pacientes. Além de diminuir as chances de óbito, o estudo também revelou que, caso o SUS disponibilizasse o medicamento, haveria uma redução superior a 13% dos casos de reinternação em um período de 30 dias.

O jornal paulista mostrou ainda que a pesquisa foi realizada a partir da análise de 21 estudos nacionais e internacionais que abordam os benefícios da TNO tanto para os pacientes, quanto para os centros hospitalares. Cerca de 95,5% de todo o levantamento foi feito através da observação de pacientes clínicos e cirúrgicos, que tinham chances de apresentar desnutrição ou já estavam desnutridos.