249 deputados estão inscritos para discursar na sessão deste sábado

Segundo definiu o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, a sessão deve ter início às 11 horas e terminar continuar até a madrugada de domingo

Foram encerradas as inscrições individuais para discutir o pedido de impeachment contra Dilma Rousseff na sessão do próximo sábado (16/4). Ao todo, se inscreveram 249 parlamentares, 79 deputados contrários ao afastamento da presidente e 170 favoráveis.

Os deputados inscritos terão três minutos, cada um, para falar. A Secretaria-Geral da Mesa estima que haverá três sessões extraordinárias, entre 11 horas de sábado e 2h da madrugada de domingo. Pode acontecer, no entanto, de não haver tempo para todos os inscritos falarem.

Na sessão desta sexta-feira (15/4), a primeira  hoje já falaram o jurista Miguel Reale Jr., um dos autores do pedido de impeachment, e o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo.

Começa agora o tempo dos partidos representados na Câmara se manifestarem. Cada sigla terá direito a uma hora, que pode ser dividida por até cinco deputados indicados. A ordem de fala seguirá a ordem da maior para a menor bancada, começando pelo PMDB. Serão realizadas sessões sucessivas até que todos eles tenham concluído as suas falas, entrando pela madrugada de sábado. São 25 partidos.

Durante cada sessão, os líderes partidários também têm direito ao tempo de liderança.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.