228 gestores goianos têm contas rejeitadas pelo TCU e podem ser inelegíveis

Relações de contas de todo País serão repassadas pelo TCU para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta sexta-feira, 25

Dados do Tribunal de Contas da União (TCU) apontam que pelo menos 228 gestores públicos de Goiás estão com contas rejeitadas, são exatamente 346 contas que apresentam irregularidades. As listas com nomes e dados de futuros candidatos de todo País serão encaminhadas para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até amanhã, 25, prazo final do calendário eleitoral para esse repasse. 

Em todo o País já são mais de 11 mil contas e 7.354 nomes, que serão usadas pela Justiça Eleitoral para análise de registro e de possíveis candidaturas para as eleições municipais de novembro.

“A lista é uma das principais fontes de casos de candidatos que são proibidos de disputar eleições, mas ainda assim eles podem solicitar o registro de candidatura. Cabe à Justiça Eleitoral decidir se o pedido será aceito ou não”, afirma o advogado eleitoral Getúlio Faria. Ele explica que a presença dos nomes da lista não significa que os responsáveis estão inelegíveis, pois a declaração de inelegibilidade é de competência da Justiça Eleitoral.

Segundo o Tribunal de Contas do Município (TCM-GO), os julgamentos têm ocorrido normalmente, apesar das medidas de isolamento social em decorrência da pandemia da Covid-19. Na relação divulgada, há os nomes de agentes públicos municipais com contas julgadas irregulares, incluindo denúncias, inspeções e tomadas de contas, independentemente do cargo ocupado.

No site do TSE já é possível consultar quem está com pendencias. Na página “Gestores com contas Irregulares”, onde é possível pesquisar por nome e por Estado. Também é possível fazer a consulta no site do TCU em “Contas Irregulares”.

Veja a lista de contas irregulares nos estados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.