1º Encontro Regional do Solidariedade reúne Júnior Friboi, Antônio Gomide e Ronaldo Caiado

Entre vários caminhos a seguir, o SDD também conta com a possibilidade de uma candidatura própria, encabeçada pelo deputado federal Armando Vergílio

Foto: Marcelo Gouveia / Jornal Opção Online

Foto: Marcelo Gouveia / Jornal Opção Online

Desde quando foi criado às 22h22 do dia 24 de setembro de 2013, assim como seus integrantes gostam de enfatizar, o partido Solidariedade tem ganhado representatividade política no país e no Estado de Goiás. Devido ao tempo generoso de TV que pode conceder por meio de uma aliança partidária, um total de 1min26, a legenda recém-criada angaria o interesse de praticamente todas as forças políticas que estão no páreo para o pleito deste ano.

Prova disso foi a presença de vários pré-candidatos durante o 1º Encontro Regional da Solidariedade Goiás. Entre os postulantes a algum cargo nas próximas eleições presentes no encontro destacaram-se o deputado federal Ronaldo Caiado (DEM) e os pré-candidatos ao governo do Estado Antônio Gomide (PT) e Júnior Friboi (PMDB). Também estiveram presentes os deputados federais Pedro Chaves (PMDB), Leandro Vilela (PMDB) e Vilmar Rocha (PSD).

Entre vários caminhos a seguir, o partido também conta com a possibilidade de uma candidatura própria, encabeçada pelo deputado federal Armando Vergílio. “Para qualquer chapa das coligações para eleições 2014, o Solidariedade é muito bem vindo. E queremos pensar bastante, para não prejudicar as chapas proporcionais e também queremos ser protagonistas. Esse é o foco”, destacou o presidente nacional da legenda, Paulinho da Força.

Em entrevista coletiva, Armando Vergílio afirmou que a aguardada definição por parte do SDD será tomada em breve. Segundo ele, a legenda tem mantido diálogo com todas as forças políticas do Estado, mas apesar de a legenda já ter definido, a nível nacional, apoiar a candidatura de Aécio Neves (PSDB) à presidência da República,  aparentemente uma aliança com o também tucano Marconi Perillo (PSDB) é a possibilidade mais remota entre todos as opções elucidadas. “Com certeza estamos mais próximos da oposição”, frisou Vergílio.

Quem tem mais dinheiro leva?

“Não tenho dinheiro como os outros candidatos têm, mas tenho gestão política.” Este foi o argumento utilizado pelo ex-prefeito de Anápolis Antônio Gomide em seu discurso durante o evento desta quinta-feira, minutos após o empresário Junior Friboi se retirar do auditório Jaime Câmara, na Câmara dos Vereadores.

Em entrevista, o petista sinalizou que as conversas com o SDD estão avançadas em prol da instauração de uma aliança. “O deputado Vergílio nos garantiu que ele poderia estar afunilando esse trabalho conosco até o final de junho.” Desde que decidiu se desincompatibilizar da Prefeitura de Anápolis, Gomide já fez contato com o PCdoB, PDT, PHS, PEN, SDD, PROS e PTC. “Assim que pudermos estar definindo os partidos aliados, iremos escolher a formatação da nossa chapa majoritária para completar a vice e a nossa senatoria”, concluiu.

Recuperando-se de uma cirurgia, Friboi afirmou que o SDD é um partido o qual ele “espera convencer” a aliar-se ao PMDB em prol de sua candidatura, e acrescentou que o pedido já foi feito. “Vou tentar falar com todos os partidos para que a gente possa fazer uma aliança já no primeiro turno bastante fortalecida”, afirmou ao ser questionado sobre a possibilidade de aliança entre todos os partidos que compõem o bloco oposicionista.

Deixe um comentário