10 são presos em operação contra tráfico de drogas na BR-153

Ação conjunta da PRF e Polícia Civil coibiu ação de estabelecimentos que vendiam entorpecentes a caminhoneiros em Goiás

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dez pessoas foram presas em flagrante e outros dez mandados judiciais de busca e apreensão foram cumpridos em uma operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Civil de Goiás para coibir o comércio de anfetaminas às margens da BR-153, especialmente na região centro-norte do Estado.

Segundo informações da operação divulgadas na manhã desta sexta-feira (26/5), alguns estabelecimentos comerciais, como postos de combustíveis, restaurantes e lojas de acessórios, além de residências, eram também locais que promoviam a venda de “rebites” a caminhoneiros. As substâncias são utilizadas pelos condutores para inibir o sono e ampliar o tempo na direção do veículo, provocando, em muitos casos, efeitos colaterais que potencializam os acidentes de trânsito.

A ação policial foi focada nos municípios de Rianápolis, Campinorte, Mara Rosa e Porangatu, às margens da BR-153. Além das dez prisões, o agentes apreenderam 1.192 comprimidos de medicamentos, 4 armas de fogo, um veículo e porções de cocaína e crack. Durante a ação a PRF e a Polícia Civil utilizaram 20 viaturas e 60 policiais.

Durante a investigação, a polícia constatou que em, pelo menos dois estabelecimentos, além das anfetaminas, ocorre também a venda de cocaína e outras drogas a motoristas de veículos de carga.

A polícia esclarece que o monitoramento dos casos de caminhoneiros que fazem uso de substâncias proibidas é feito diariamente nas fiscalizações rotineiras da Polícia Rodoviária Federal, com abordagens a veículos de carga e a observação do tempo de direção.

Uma pesquisa realizada pela PRF com motoristas profissionais no último ano em todo Brasil, apontou que de 10 mil caminhoneiros entrevistados, 35% confessaram que fazem uso frequente de substância proibida para aumentar o tempo de direção.

Em 2016, aconteceram 34.771 acidentes envolvendo caminhões nas rodovias federais em todo o país, 26% a menos que em 2015, quando foram registrados 47.010 acidentes envolvendo veículos de carga.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.