Polícia Civil deflagra quarta fase da Operação Travessia na tríplice fronteira estadual

Já foram cumpridos 15 mandados de prisão preventiva e temporária e 12 mandados de busca e apreensão

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nesta sexta-feira (30/11) a Polícia Civil do Tocantins deflagrou, na região do Bico do Papagaio, a quarta fase da “Operação Travessia”, que visa a combater o tráfico de drogas na tríplice fronteira entre os estados do Pará, Tocantins e Maranhão, com inter-relação ao estado de Goiás. A operação ganhou este nome porque os traficantes utilizavam os rios Araguaia e Tocantins como via de tráfego dos entorpecentes pelos estados de Pará, Maranhão e Tocantins.

Já foram cumpridos 15 mandados de prisão preventiva e temporária e 12 mandados de busca e apreensão nos municípios de Araguatins, São Bento do Tocantins, Trindade de Goiás (GO) e Marabá (PA). Segundo com a Polícia Civil, o grupo consistia numa associação de traficantes em fase inicial de organização, tendo inclusive contato com organizações criminosas de reconhecimento nacional.

Participam desta fase da operação, 50 policiais civis, além de agentes da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC) de Araguatins, Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE), Delegacia de Polícia de Tocantinópolis e de Ananás, todos na região Extremo-Norte do Estado.

Iniciada em julho de 2018, por meio de um flagrante delito em parceria com a Polícia Militar, a Operação Travessia teve suas primeiras prisões realizadas em Araguatins, quando foram presos três traficantes e um adolescente infrator. Segundo o delegado responsável pelo caso, Enio Walcacer, após aquelas prisões foram realizadas coletas de informações com o auxílio da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil. Na segunda fase, fora apreendida uma remessa de drogas oriunda de Marabá- PA, trazida por uma mulher gestante, utilizada como “mula” pelo traficante Jovair Inácio da Silva, conhecido como “Velho”.

Na terceira fase, em continuidade às investigações e em contato com o Sistema de Inteligência da Polícia Civil de Goiás, a equipe de investigadores recebeu a informação de que Jailson Costa, morador de São Bento, distante a 47 quilômetros de Araguatins, estaria recebendo uma grande remessa de drogas, quatro veículos automotivos e uma motocicleta utilizados no transporte de drogas, além de um revólver calibre 22, procedendo a sua interceptação.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.