Juiz decreta prisão de jovem acusado de roubo com base na eleição de Bolsonaro

Magistrado afirmou que uma nova era se inicia no Brasil e que agora o crime será realmente combatido 

Foto: reprodução

O juiz Alvaro Nascimento Cunha, da comarca de Araguaína, em Tocantins, fundamentou a decisão de prender um jovem acusado de roubo com a eleição do presidente Jair Bolsonaro. E, sua decisão ele afirmou que “inicia-se uma nova fase na história do Brasil”.

O jovem, que havia completado 18 anosh há um mês tinha algumas passagens pela polícia durante a adolescência, Apesar de não ter nada a ver com eleição de Jair à Presidência, o magistrado citou o presidente ao determinar a prisão preventiva do rapaz. 

Após as declarações do promotor e da defesa negando a autoria do crime e requerendo a soltura do rapaz, foi a vez do magistrado proferir a seguinte decisão:

“Hoje inicia-se uma nova fase na história do Brasil. E pelo discurso de sua Excelência o Senhor Presidente da República, Capitão Jair Messias Bolsonaro, pela primeira vez em muitos anos, o crime será realmente combatido neste país, não mais agora incentivado por leis e entendimentos jurisprudenciais divorciados da realidade. Posto isto, vislumbro a necessidade de manter o jovem Vanderson da Silva Nogueira preso, como forma de garantir a ordem pública”- afirmou o magistrado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Adilio Faustini

A Argentina que já tem a Maioridade Penal de 16 anos, está discutindo baixar para 15 anos, no Brasil o Congresso está dormindo de botina e prejudicando a população.