Elon Musk fez uma postagem no Twitter na manhã desta quinta-feira, 27, para anunciar que comprou a rede social. O bilionário declarou que deu sequência às negociações por considerar “importante para o futuro da civilização ter uma praça digital comum, onde uma ampla gama de crenças pode ser debatida de forma saudável, sem recorrer à violência”.

Segundo o comunicado de Musk, as especulações sobre suas intenções com a compra da plataforma estavam erradas, em sua maioria. O bilionário declarou que sua principal intenção é ajudar o mundo, e não ficar ainda mais rico. “Não fiz porque seria fácil, não fiz para ganhar mais dinheiro. Fiz para tentar ajudar a humanidade, reconhecendo que o fracasso em perseguir esse objetivo, apesar de nossos melhores esforços, é uma possibilidade muito real”, destacou.

Com o anúncio, Musk declarou que pretende transformar o Twitter na “plataforma de publicidade mais respeitada do mundo”, sinalizando para os investidores na intenção de fortalecer a marca.