Uma das grandes pautas para a vida digital em 2022 é trazer a realidade da vida dos usuários. Muitos diriam que a realidade já é pauta as redes, mas estamos falando de fotos sem filtros, capturadas em momentos aleatórios do dia, sem planejamentos especiais. Com essa proposta, o aplicativo BeReal (inglês para ‘seja real’, em tradução livre) viu crescimento tremendo ao longo do ano é figura entre os destaques das lojas Android e iOS.

Se você é da turma dos desconectados com mais de 30 anos e ainda não ouviu falar do BeReal, é natural. A maioria dos usuários do aplicativo tem entre 16 e 29 anos e gosta de compartilhar o dia a dia com uma proposta diferente da já normalizada em outras redes, como Twitter, Instagram ou TikTok.

Fundado pelos franceses Alexis Barreyat e Kévin Perreau, o BeReal foi popularizado como o anti-Instagram, onde os usuários são motivados a serem mais autênticos e reais. Para isso, os usuários recebem uma notificação por dia e, a partir daí, têm dois minutos para registrar uma imagem do momento. Ao mesmo tempo, o aplicativo tira uma foto com a câmera padrão e outra com a de selfie, compartilhadas juntas para a comunidade.

Um dos segredos, porém, é que ninguém sabe quando a notificação será enviada. Além disso, não é possível usar filtros ou selecionar fotos do rolo da câmera. As imagens devem ser feitas na hora e de forma natural, segundo a proposta. É assim que os usuários normalizam compartilhar fotos na preguiça, de pijama, assistindo a séries, estudando ou trabalhando.

O resultado é um feed de fotos mundanas de amigos – ou estranhos, já que todos podem acessar ferramenta de Descoberta, para ver outros perfis – que, muitas vezes, são mais libertadoras do que as compartilhadas em outras redes. Ao criar um ambiente de fotos espontâneas e sem filtro, os usuários são lembrados da simplicidade de momentos do dia a dia, produzindo um feed sem a curadoria de algoritmos.

A proposta também muda a forma de interação entre usuários. O BeReal não deixa espaço para curtidas ou comentários e mantém todas as capturas guardadas numa espécie de calendário, junto de outras informações do perfil. Além disso, o número de seguidores não é mostrado e as conversas acontecem somente de forma privada.

Diante do crescimento do BeReal, os concorrentes já procuram se adaptar. Em setembro, o TikTok lançou o TikTok Now que, uma vez por dia, convida o usuário a publicar uma foto ou vídeo de até dez segundos mostrando o que está fazendo naquele instante. Ainda é cedo para dizer se a tendência veio para ficar ou será passageira, mas a verdade é que, diferente ou não, o BeReal está convidando os usuários a repensarem seus compartilhamentos nas redes.