Uma aeronave Beechcraft Baron 58, apreendida pela Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos da Polícia Civil de Goiás, na Operação Puro Sangue, em 2019, foi doada ao Corpo de Bombeiros Militar. A instituição a utilizará para o transporte de pacientes de risco, no âmbito do programa UTI Aérea.

A operação da Polícia Civil que resultou na apreensão do avião desmantelou uma organização criminosa dedicada ao tráfico aéreo de drogas. Na ocasião, o avião foi apreendido assim que descarregou, no município de Edéia, mais de 500 kg de cocaína pura, em uma das maiores apreensões da droga da história de Goiás.

A doação, promovida pela Vara de Feitos Relativos à Organizações Criminosas e Lavagem de Dinheiro do Poder Judiciário goiano, faz parte da estratégia de desestruturação do crime organizado, especialmente sob o aspecto financeiro, permitindo a reversão de patrimônio criminosamente constituído ao Estado.