A doação de leite materno, que é essencial para a nutrição e recuperação de recém-nascidos prematuros em Goiânia, enfrenta uma queda preocupante nos últimos meses, conforme alertam as maternidades públicas da Prefeitura de Goiânia. Segundo o diretor-geral do Hospital e Maternidade Municipal Célia Câmara (HMMCC), Marcelo Cupertino, as doações caíram cerca de 35% no último mês, e o cenário se repete no Hospital e Maternidade Dona Iris (HMDI) e na Maternidade Nascer Cidadão (MNC).

“Nós temos hoje o maior número de leitos neonatais da rede municipal de saúde, o que eleva bastante a nossa demanda para garantir atendimento aos bebês que estão internados. São dez de unidades de terapia intensiva neonatal, dez unidades de cuidados intermediários neonatal (Ucin) e cinco Ucin Canguru”, destaca.

Para atender essa demanda, a rede municipal de saúde de Goiânia conta com um Banco de Leite Humano, localizado na MNC, e dois postos de coleta, um no Célia Câmara e outro no Dona Íris. O pediatra Sebastião Leite, coordenador do Banco de Leite, explica que todo o leite coletado nos postos são direcionados para a MNC, onde o leite é pasteurizado.

“O leite materno é um alimento rico em nutrientes, anticorpos e enzimas que protegem os bebês contra infecções e doenças. Além disso, ele diminui o risco de alergias, asma, obesidade e doenças crônicas na infância e na vida adulta”, afirma o pediatra.

Ele reforça que a necessidade de doadoras é urgente. “Deixamos aqui o nosso apelo para que as mães que atendem aos requisitos necessários, como não fumar, não fazer uso de drogas e de bebidas alcoólicas, considerem a doação de leite materno”. Sebastião destaca que o leite doado pode ser congelado e armazenado por até seis meses, mas, no momento, o estoque atende apenas a demanda semanal.

Os postos de coleta estão preparados para fornecer informações sobre o processo de doação e disponibilizam frascos esterilizados adequados. Além disso, realizam a coleta das doações semanalmente na casa das doadoras.

Seja uma doadora


As mães que têm interesse em doar leite materno precisam atender a alguns requisitos: não fumar, não fazer uso de drogas e de bebidas alcoólicas. A doadora também não pode ter recebido sangue nos últimos cinco anos, nem fazer uso de medicamentos que contenham restrições à amamentação e, consequentemente, à doação.

Banco de Leite MNC
Funcionamento: todos os dias da semana, das 7 às 11 horas e da 13h30 às 15h30
Mais informações: (62) 3298-1214

Posto de Coleta do HDMI
Funcionamento: todos os dias da semana, das 7 às 19h
Mais informações: (62) 3956-8887 | (62) 96047570 (Whatsapp)

Posto de Coleta HMMCC
Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8 às 17h
Mais informações: (62) 3121-6265