Os casos de Influenza A estão aumentando no Brasil. Por cinco semanas, a doença se mantém acima de 20%. Os dados são do Instituto Todos pela Saúde (ITpS). Segundo os levantamentos, a taxa de positividade de testes em laboratórios privados têm alcançado pico de 34%.

O índice é considerado alto, já que normalmente fica abaixo de 5%. A proporção aferida se aproxima dos dados registrados em janeiro deste ano. Naquele período, o país enfrentou um surto da doença, com 44% de testes positivos.

Bernardo Almeida, médico infectologista, salienta que o aumento nos casos tem relação com a pandemia de Covid-19. “Estamos em fase de transição entre o período de pandemia para endemia pelo Sars-CoV-2. Nesse contexto, há uma tendência de retorno do padrão epidemiológico dos outros vírus respiratórios, como o influenza”, esclarece.