Prefeitura de Trindade mobiliza instituições e a sociedade para a passagem da Tocha Olímpica pela cidade

A administração do município trabalha para sucesso total do evento na Capital da Fé

Prefeito Jânio Darrot: “Precisamos da participação vibrante da população de Trindade nesse grande evento”

Prefeito Jânio Darrot: “Precisamos da participação vibrante da população de Trindade nesse grande evento”

Fábio PH
Especial para o Jornal Opção

O próximo dia 6 de maio será muito especial no contexto internacional para Trindade. Às 7 horas, estará passando pela Capital da Fé o símbolo maior dos Jogos Olímpicos de 2016: a tocha olímpica. A Prefeitura de Trindade, na gestão do prefeito Jânio Darrot (PSDB), mobilizou uma grande reunião nesta terça-feira, 12, acertando detalhes e cooperações com várias secretarias, instituições e segmentos da sociedade organizada.

Ao lado do presidente da Câmara Municipal, local da atividade, vereador Agnelson Alves (PV), em tom muito entusiasmado Jânio Darrot solicitou apoio de todos para que Trindade seja vista de forma positiva na mídia internacional, uma vez que estarão na cidade veículos que atingem a mídia de todo o planeta. “A tocha percorrerá sete quilômetros em Trindade. Nossas secretarias foram instruídas para cuidar com muito zelo da pavimentação das vias, da limpeza, da segurança e da sinalização. O que nos falta, e é um grande desafio, é a participação vibrante da população, não deixando clarões em nenhuma parte do trajeto. Vamos aqui ouvir sugestões e engrossar a nossa comissão já formada para organizar o evento”, destacou o prefeito.

Contando com a participação de milhares de alunos das escolas das redes estadual e municipal de educação, várias atividades esportivas e teatrais estão programadas para o percurso. Configurando a identidade ser­taneja e a tradição dos carros de bois, sempre comuns na cidade, o car­reiro Antônio Firmiano será um dos condotores da tocha.

Em Goiás, a tocha fará o seguinte trajeto: deixará Brasília, no dia 4 de maio, e passará por Corumbá de Goiás e Pirenópolis, antes de chegar a Anápolis, uma das 83 cidades que serão o destino da tocha ao fim de cada dia de revezamento – ou seja, onde ela vai “dormir”. No dia seguinte, 5 de maio, a tocha passará por Itaberaí, cidade de Goiás, Inhumas e chegará a Goiânia, onde irá permanecer até a manhã seguinte, dia 6, de onde virá para Trindade. Depois, Aparecida de Goiânia, Piracanjuba, Morrinhos e Caldas Novas, onde a peça “dormirá” novamente. Fechando o circuito goiano no dia 7 em Pires do Rio, Ipameri e Goiandira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.