Fricó inaugura indústria e Trindade articula instalação de novas unidades

Faturamento anual do distrito industrial vai superar R$ 350 milhões e gerar mais de 7 mil empregos diretos e indiretos. Projeto está em fase de implantação

Prefeito Jânio Darrot visita as instalações da Fricó Alimentos ao lado de diretores da empresa  | Fotos: Iris Roberto

Prefeito Jânio Darrot visita as instalações da Fricó Alimentos ao lado de diretores da empresa | Fotos: Iris Roberto

Antônio Erasmo
Especial para o Jornal Opção

O prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), continua apostando na atração de investimentos para impulsionar a economia do município. A boa nova no mercado é a inauguração da moderna unidade da Fricó Alimentos, prevista para o sábado, 26, o que vai gerar mais de 300 empregos diretos.

O governo municipal de Trindade tem feito boas amarrações para consolidar a viabilização do projeto de um polo industrial. A previsão é de que 70 empresas de grande porte se instalem no município até o final de 2015, processo que já começou. O distrito industrial, previsto para o Jardim Maria Monteiro, possui 108 mil metros quadrados de área, divididos de acordo com a necessidade dos empresários. Os lotes variam de mil a 10 mil metros quadrados por grupo empresarial.

De acordo com Francis Albuquerque, diretor de Indústria e Comércio de Trindade, 25 empresas já acertaram a transferência para o município, entre elas Creme Mel Sorvetes, Gelo Mineral, Cervejaria Artesanal, Atalaia Medicamentos, Concresul, Di Paula, Fialho Brindes, Dimafer. Segundo Francis, as empresas foram visitadas e convidadas a se instalar em Trindade. “Foi um trabalho de formiguinha do ex-secretário Caio Hobbyshopping, mostrando as vantagens do município, a logística de distribuição, as vantagens do fácil acesso, com rodovia dupla e ligação com a BR-060 e GO-070, a disponibilidade de mão de obra, entre outros atrativos.” Ele enfatiza que o apoio do ex-secretário de Estado de Indústria e Comércio Alexandre Baldy e do prefeito Jânio Darrot foram determinantes no processo.

Arrecadação
Nova indústria, do ramo de produtos alimentícios, vai gerar mais de 300 empregos diretos

Nova indústria, do ramo de produtos alimentícios, vai gerar mais de 300 empregos diretos

A instalação das empresas em Trindade vai gerar um faturamento de aproximadamente R$ 350 milhões, incluindo as 70 indústrias. No quesito empregabilidade, serão mais de 3 mil empregos diretos e cerca de 4 mil indiretos. “É uma oportunidade latente para o trindadense. Isso se reforça com a efetivação do polo do Instituto Federal Goiano (IF Goiano), que funciona na região leste”, complementa Francis Albuquerque.

As áreas serão doadas pelo governo municipal. Em contrapartida, as indústrias vão custear a finalização das redes elétrica e de água e a pavimentação asfáltica. Por exigência do prefeito Jânio Darrot, os empresários se comprometeram a construir um parque tecnológico no município. A estrutura compreende um centro de estudos avançados, laboratórios, biblioteca, e funcionará como uma incubadora de fomento a pequenas empresas. A intenção é estabelecer parceria com o Sistema Fieg e a Associação de Jovens Empresários e Empreendedores (AJE Goiás).

Deixe um comentário