Em Trindade, Cras e Creas serão parceiros do Programa Luz Solidária

“Contem conosco e o ideal é que 2 mil famílias trindadenses passem o próximo Natal de geladeira nova”, disse Jânio Darrot

Prefeito Jânio Darrot (centro) e equipe, durante reunião preparatória sobre o programa Luz Solidária | Foto: Fábio PH

Fábio PH
Especial para o Jornal Opção

Foi realizada, na semana passada, com a participação do prefeito Jânio Darrot (PSDB), de secretários e de representantes da Celg, uma reunião preparatória, acertando a participação das unidades dos centros de referência de assistência social (Cras) centros de referência especializados de assistência social (Creas), coordenadas pela Secretaria de Assistência Social, no programa de sustentabilidade da Enel Brasil Luz So­lidária, que faz parte do Programa de Eficiência Energética, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e concede descontos de até 50%, na compra de eletrodomésticos com selo Procel “A”, para consumidores residenciais que queiram trocar seus eletrodomésticos.

Pela proximidade de contato e cadastramento das famílias de baixa renda, os Cras e os Creas atuarão como indicadores destas famílias. Reuniões e palestras acontecerão nestas unidades. O programa tem o objetivo de estimular o uso de eletrodoméstico eficiente, respeitando o meio ambiente por meio da troca de equipamentos velhos, com subsídios para a aquisição de novos equipamentos. Lâmpadas econômicas também serão ofertadas nos encontros. Além disso, estimulará a melhoria das condições socioeconômicas das comunidades, com projetos sociais viabilizados pelo programa.

Desde sua criação, o Luz Solidária já trocou mais de 40 mil eletrodomésticos, concedeu aproximadamente 17,5 milhões de bônus aos clientes residenciais e ofertou mais de 4 milhões a projetos de geração de renda. Os produtos poderão ser adquiridos em todas as lojas Novo Mundo e Fujioka credenciadas. O programa, realizado pela Enel, controladora da companhia, já acontece nos Estados do Ceará e do Rio de Janeiro.

O Luz Solidária visa também a viabilizar projetos sociais que contribuirão na geração de renda de comunidades. Para receber o desconto, o cliente deve realizar uma doação para uma das instituições cadastradas no programa. Para participar, basta procurar uma das lojas credenciadas, escolher um eletrodoméstico, fazer a doação para um dos projetos sociais e solicitar o desconto. Ao assinar o contrato de adesão, o cliente concorda com as seguintes premissas/condições: ser cliente residencial adimplente e com fornecimento regular de energia; possuir um equipamento antigo para troca, desde que esteja funcionando; fazer a doação para, no mínimo, uma das entidades ofertadas; permitir a visita de técnico da distribuidora, se for escolhido, para a medição do aparelho velho.

Os clientes que adquirirem equipamentos novos e eficientes deverão entregar o equipamento antigo, que será totalmente reciclado. Além disso, os 5 mil primeiros participantes ganharão uma régua no-standby, equipamento que elimina o consumo no modo de espera dos aparelhos eletrônicos, proporcionando mais economia e segurança.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.