O deputado estadual Virmondes Cruvinel (UB) desistiu de concorrer à presidência da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) a pouco mais de um mês das eleições em 1º de fevereiro de 2023. 

O parlamentar abandonou a corrida pelo lugar ocupado pelo deputado Lissauer Vieira (PSD), nesta sexta-feira, 23, para apoiar a candidatura do líder do Governo na Casa, Bruno Peixoto, filiado ao mesmo partido.

“Desisti em nome da unidade. Somos colegas de partido, temos acompanhado a construção do mesmo perfil que o nosso, de dialogar, de diplomacia. Percebemos que é um momento de união. O nome do Bruno está preparado”, explicou Cruvinel.

Apoio

Com a declaração do parlamentar, Peixoto passou a contar com apoio de 33 dos 41 parlamentares que compõem a Casa. No entanto, o atual vice-governador, Lincoln Tejota, que foi eleito deputado neste ano, além de Renato de Castro, ambos do UB, seguem como candidatos.

“Tivemos uma boa conversa. Estaremos juntos nesta construção aí pelos próximos anos. Vejo o Bruno preparado e maduro para conduzir a casa. Dos seis deputados eleitos da União, quatro declararam apoio a ele”, concluiu.