O vereador Lucas Kitão (PSD) apresentou um requerimento de instalação de uma base permanente da Guarda Civil Metropolitana (GCM) no Parque Campininha das Flores, em Capinas. O parlamentar aponta que a medida levará “mais segurança e agilidade no combate à cracolândia”.

Kitão argumenta que o requerimento é um dos eixos de trabalho para combater a criminalidade na região. “Pensamos também na punição de comércios que acumulam e jogam lixo de forma irregular, além do tratamento humanizado desses dependentes”, aponta.

O vereador explicou ainda que o trabalho deve focar na fiscalização de falsas empresas de reciclagem que “colaboram com a receptação de fios de cobre, além da invasão de áreas de preservação ambiental”, comenta.

“É preciso uma união de esforços entre conselhos de profissionais, fiscalização de casas terapêuticas, clínicas psiquiátricas em busca de uma saída humanizada”, diz.

Ainda de acordo com o autor, a ação complementa a proibição do acúmulo de lixo na região, aprovada no novo Código de Posturas de Goiânia. “Mais segurança, mais ecopontos e maior regulamentação das cooperativas de catadores de materiais recicláveis trarão segurança”, completou.

Leia também:

Em Goiânia, praças do Setor Campinas se transformam em ‘cracolândia’

Quadrilha que atuava no Camelódromo de Campinas gerou prejuízo de quase R$ 200 mil