A menos de dois dias da posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), caravanas de todo o Brasil se organizam para a festividade. A direção estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) calcula que cerca de 150 ônibus sairão de Goiás para Brasília no domingo, 1º de janeiro. Uma delas é organizada pela professora Diane Valdez, docente da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás (FE/UFG). A dela sairá da Cidade de Goiás com 22 pessoas.

Ao Jornal Opção, ela explicou que essa van é composta por militantes do município e do estado do Mato Grosso do Sul. “Nós amigos e amigas de militância de Mato Grosso do Sul e daqui da cidade resolvemos ir para a posse do presidente eleito Lula juntos. Queremos relembrar os momentos de luta e nos motivar a seguir na mesma linha”.

Eles estão entre as 800 caravanas brasileiras com cerca de 100 mil pessoas que chegarão à capital federal, a partir desta sexta-feira, 30, para acompanhar a solenidade que marca o início do terceiro mandato do petista no Brasil.

É a terceira vez que a professora verá a cerimônia de perto. Ela acompanhou as duas da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Segundo ela, a motivação para enfrentar as estradas é a “esperança de restabelecer a democracia”. “Acreditamos que pelo menos restabelecer a vida normal, a política normal, com o presidente Lula, é importante”. Para a educadora, a expectativa é que haja uma grande festa popular.

Para acolher os visitantes na capital, a organização da posse disponibilizará cinco pontos de recepção nas principais rodovias de acesso ao Distrito Federal. Além disso, haverá dois pavilhões e cerca de 20 escolas públicas para os apoiadores do presidente eleito que vêm de outros estados.

Os alojamentos estão distribuídos entre o Pavilhão do Parque da Cidade, o Pavilhão da Granja do Torto e o Estádio Mané Garrincha. Os locais contam com barracas para alimentação, água potável, banheiros e área para colchões.

Ao todo, a equipe da posse estima receber um público de cerca de 300 mil pessoas no evento, que abrange a cerimônia oficial e um festival de música.