Em entrevista exclusiva ao Jornal Opção, o senador Vanderlan Cardoso (PSD) explicou que ainda não decidiu se vai abdicar do senado para concorrer às eleições municipais de Goiânia em 2024. “Decisões amargas vão ter que ser tomadas para tirar Goiânia desse buraco. Não é só uma ação necessária, mas deve-se fazer um planejamento em curtíssimo prazo, porque estamos falando de uma cidade que a coisa mais primária é coleta de lixo”, pontuou.

As eleições serão realizadas daqui a 11 meses, em 6 outubro de 2024. Até o momento, os mais cotados para a disputa são: Adriana Accorsi (PT), Vanderlan Cardoso (PSD), Bruno Peixoto (União Brasil), Gustavo Gayer (PL) e Rogério Cruz (Republicanos). O Governador Ronaldo Caiado (UB) ainda não definiu quem apoiará nesta campanha.

“No momento atual, Goiânia precisa de uma união de forças. É necessário talvez deixar a questão partidária de lado para procurar o melhor, enxergar quem é que tem o melhor perfil para tirar Goiânia desse buraco, decisões amargas vão ter que ser tomadas”, explicou Vanderlan.

Confira a entrevista completa na próxima edição impressa do Jornal Opção, que será publicada no próximo domingo, 4.