Os Comandos de Operações Especializadas (COEs) da Polícia Rodoviária Federal (PRF), cuja atuação se dava nas cinco regiões do país, foram extintos por decisão do ministro da Justiça, Flávio Dino, informa a coluna Grande Angular, no Metrópoles. A extinção deve se materializar no dia 24 de janeiro.

De acordo com a coluna, os servidores são redistribuídos para os COEs estaduais. O motivo da mudança foi a subutilização do efetivo lotado nos comandos quando não havia situações de emergência que demandassem convocação rápida. Dino busca fazer com que a PRF fique focada na atividade-fim, que é fiscalizar as rodovias federais.