Homem de 22 anos foi indiciado pela Polícia Civil (PC) na última quarta-feira, 21, suspeito de estuprar uma criança de sete anos, em Goiânia.

O crime foi descoberto após a menina chorar e passar mal ao ser levada para a casa da cuidadora. A vítima era abusada pelo homem durante a ausência da esposa, que atuava como babá da garota. 

O homem, que segue preso preventivamente, irá responder por estupro de vulnerável, podendo pegar uma pena de até 15 anos.

Prisão

O jovem foi preso no último dia 13, suspeito de abusar sexualmente da criança. A criança disse que, desde o início dos jogos da Copa do Mundo deste ano, o marido da babá ‘mexia com ela’. A menina relatou que o homem tocava em suas partes íntimas e também que ele a fazia tocar nas partes íntimas dele. 

Ao ser preso, o homem disse que era a criança que se aproveitava dele e relatou que a situação de abuso sexual ocorreu por várias vezes. Ele já possui passagens pela polícia por furto e roubo.