A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) procura pelo quarto suspeito que matou uma família inteira no Distrito Federal (DF). Trata-se de Carlomam Santos Nogueira, de 26 anos. Ele foi investigado, em 2018, em uma operação da PCDF contra presos em Brasília que se filiaram e tornaram-se membros de uma facção criminosa que age dentro e fora das penitenciárias do país. O nome do procurado aparece na “Operação Prólogo”.

À época, 13 mandados de prisão preventiva e busca e apreensão foram cumpridos no Complexo da Papuda. A finalidade era evitar que o PCC – facção criminosa que surgiu em São Paulo – se instalasse no DF. A polícia não explicou como Carlomam foi solto. Na ficha criminal dele aparecem passagens por porte de drogas (maconha), porte ilegal de arma e receptação de carro roubado.

As investigações conduzidas pela 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) sobre a chacina que vitimou ao menos cinco pessoas da mesma família indicaram a participação direta de Carlomam no crime. O homem estaria envolvido no desaparecimento de, ao menos, 10 pessoas, e na morte da cabeleireira Elizamar da Silva, 37 anos; os filhos, Gabriel, 7, e os gêmeos Rafael e Rafaela, 6; e o sogro dela, Marcos Antônio Lopes de Oliveira.

A PCDF já chegou ao encalço de Horácio e Gideon, ambos presos na terça-feira, 17. Além dos dois, os investigadores detiveram Fabrício Silva Canhedo, 34, o homem contratado para vigiar o cativeiro onde Renata Juliene Belchior, 52, mulher de Marcos, e a filha do casal, Gabriela Belchior, 25, foram mantidas em cárcere privado, em uma casa localizada no Vale do Sol, em Planaltina.

Renata e Gabriela são dadas como desaparecidas. Em depoimento, Horácio confessou que as duas foram estranguladas e carbonizadas dentro de um carro, em uma via de Unaí (MG). O veículo foi encontrado no sábado passado e a polícia confirmou se tratar de duas pessoas do sexo feminino. No entanto, as identidades ainda não foi possível, uma vez que o laudo do IML não ficou pronto. Os investigadores ainda procuram por Thiago Gabriel Belchior, 30, esposo de Elizamar; a ex-mulher de Marcos, Cláudia Regina; e a filha dela, Ana Beatriz.