Vidas salvas pelo crime: tráfico de órgãos é desmascarado em lançamento ficcional

Depois de reportagens investigativas sobre trabalho escravo e ataques com ácido, Betina Zetser enfrenta um novo inimigo no último lançamento da série de Luciana de Gnone

Delito Latente encerra a saga da jornalista Betina Zetser, protagonista ficcional da escritora Luciana de Gnone. Depois de denunciar trabalho escravo no interior do Brasil e comprovar a relação de ataques com ácido à violência contra a mulher nos dois primeiros volumes da série, sinais de um novo crime movimentam a curiosidade dos leitores de Luciana.

Desta vez, a investigação surge a partir da vida pessoal da jornalista, quando Bruno, marido de Betina, é submetido a um transplante de fígado. Tudo ocorre bem na cirurgia, mas, ao tomar conhecimento sobre a origem do órgão doado, começa uma obstinada pesquisa para descobrir as circunstâncias da morte do doador.

Com o apoio de Rubens, um amigo e intuitivo repórter, e de João, médico e ex-marido de Betina, a investigação toma rumos inesperados e surpreendentes. Enquanto verifica as condutas duvidosas do hospital paulista, a protagonista não percebe que o verdadeiro inimigo está mais próximo do que imagina.

“— Pode até ser que isso não passe de uma negligência médica. E sinceramente torço para que seja somente isso, assim trazemos o fato à tona, os culpados poderão ser punidos e ponto final. — Betina completou.

— Mas, se for caso de crime… Nesse caso, temos que ter cuidado, sabemos como essas quadrilhas de tráfico de órgãos são perigosas. — Ele falou.

De súbito, Bruno parou de falar e se entristeceu. Ele percebeu que, se o crime fosse confirmado, significava que ele havia sido beneficiado com isso. Seria perturbador saber que a sua vida fora salva em consequência da morte precoce de alguém.”
(Delito Latente, pág. 165)

Além da saga de Betina Zetser, Luciana é autora de “Crimes em Copacabana” e co-autora do livro “Te odeio, mãe! Com todo meu amor” uma antologia de cinco contos que abordam o tema mãe.

Ficha Técnica:
Título
: Delito Latente
Autora: Luciana de Gnone
ISBN: 978-65-5872-050-8
Editora: Casa do Escritor
Páginas: 350
Tamanho: 14 x 21 cm
Preço: R$ 29,90 (físico) R$11,99 (eBook)
Link de venda: http://bit.ly/delitolatente

Sobre a autora: natural de Brasília, Luciana mudou-se aos cinco anos para a cidade do Rio de Janeiro, onde morou com a mãe e irmãs. Formou-se em Administração de Empresas, em 1997, e em 2001 concluiu a pós-graduação em Marketing pelo IBMEC/RJ. Por 15 anos trabalhou na área de comércio exterior em diferentes empresas. Em janeiro de 2009, embarcou em uma aventura familiar emocionante e foi morar no exterior. Por 12 anos viveu em diferentes países: Cazaquistão, Colômbia, México e, atualmente, na Costa Rica. Iniciou a carreira de romancista em 2014, quando lançou o primeiro romance policial “Súplica em Olhos Mortos”, traduzido também para o espanhol em 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.