Temporada “O Santo e a Porca” chega às suas últimas apresentações

Em cartaz na Cia Novo Ato, a peça escrita por Ariano Suassuna tem direção de Guilherme Oliveira e Kleber Damaso

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por meio do Laboratório de Formas Animadas (LATA), a Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás (EMAC-UFG) tem realizado uma curta temporada de apresentações do espetáculo “O Santo e a Porca”. Livre adaptação da obra do poeta paraibano Ariano Suassuna, a pela tem direção dos pesquisadores Guilherme Oliveira e Kleber Damaso.
Escrito em 1957, o texto é inspirado na peça romana “Aulularia” (A Comédia da Panela), que trata de maneira descontraída e auspiciosa dos desvios morais e de comportamento motivados pela avareza e privação afetiva de seus personagens. Sua atualidade crítica apoia na discussão sobre os desafetos desencadeados pela supervalorização do aspecto econômico nas relações sociais.
O texto é libidinal e malicioso e nos enche de coragem ao rever o lugar e importância das coisas, a desvirtuação dos valores e distorções entre ter e ser. Daí surge a escolha política; do desafio de construir a cenografia e vestir os atores com figurinos feitos de papel. A reciclagem do papel ascende a dupla função de ressignificar o valor do que é social e culturalmente desprezado, como de assumir as limitações e fragilidades humanas diante o risco de que os figurinos se rasguem durante as oscilações comportamentais dos personagens.
“O Santo e a Porca” é uma trama de sentimentos comuns, com pessoas comuns, com medos e desavenças, que não perdem a habilidade de rir e criticar as incoerências humanas. Falecido em julho de 2014, Suassuna foi o grande pensador responsável pela criação e implementação do Movimento Armorial — proposta de integração das expressões artísticas que, entre outros objetivos, procura romper a distância entre o popular e o erudito.
A peça segue em cartaz até a quinta-feira, 31 de março. Damaso destaca o apreço pela parceria entre o Espaço Cultural Novo Ato e as produções da Escola de Música e Artes Cênicas da UFG: “O surgimento e a consolidação de espaços não institucionalizados, geridos diretamente por artistas, é imprescindível para dinamização e renovação da atividade cultural no campo geral das artes”.

Serviço
Espetáculo “O Santo e a Porca”
Data: 24 e 31 de março
Horário: 20h
Ingressos: R$ 5, a meia
Local: Espaço Cultural Novo Ato
Classificação Livre

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.