Premiado com Klauss Vianna, performance “Hescuta” chega a Goiânia

3

Foto: Fabiele Vieira

Contemplado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014, o projeto “Hescuta”, do artista manauara Francisco Rider, chega a Goiânia na quarta, 11, e fica em cartaz até a sexta-feira, 13 de maio. A performance será realizada às 19h, no Centro Cultural Martim Cererê, com retirada do ingresso uma hora antes do espetáculo. Rider já passou por Manaus e Brasília e, depois da capital goiana, segue para Palmas.

Hescuta

Canecas de louça vestem um homem que, a cada movimento, causa ruídos, provoca atenção. Quando o corpo escuta? quando fala? fica em silêncio? São estas algumas das reflexões propostas pelo artista. “Ouvir é uma ferramenta que todos possuem, mas escutar é prestar atenção. E, hoje, a gente não escuta o que o outro fala. No cotidiano, damos mais valor ao visual, ao físico”, diz ele.
“Hescuta” foi premiado com o Klauss Vianna, no Festival Amazonas de Dança e no Mova-se e, desde 2014, segue com apresentações. Da circulação nacional, Rider explica que procura expor seu trabalho, criar uma rede de compartilhamento, conhecer a comunidade artística local e criar um ambiente criativo colaborativo. Por isto, uma oficina (já iniciada) e um bate-papo são propostos no projeto. O diálogo é logo após a performance.

Serviço
Performance “Hescuta”, de Francisco Rider (AM)
Data: 11, 12 e 13 de maio
Local: Centro Cultural Martim Cererê
Horário: 19h
Ingresso: Gratuito (retirada uma hora antes do espetáculo)
Fotos: Fabiele Vieira

Deixe um comentário