Para se tatuar no Bananada

“The Flash Weekend Tattoo” integra o Festival Bananada, que tem início na segunda, 9 de maio. Idealizada por Polim, a ação já acontece há dois anos na cidade

Yago Rodrigues Alvim

O flash acima é de Rafo Castro, uma das atrações do The Flash Weekend

“Uma vez, já há um tempo, eu esperava um elevador e percebi que me olhavam insistentemente. ‘Bom, vou dar uma olhadinha para saber quem é, se quer me falar algo’, pensei. Era uma senhora que encarava minhas tatuagens no braço. Ela, então, falou: ‘Eu adoro tatuagem, até queria fazer uma, mas meu filho diz que estou velha demais para isso’. Eu disse que chegaria a idade dela com todas as minhas tatuagens, pois elas não iriam sair de mim”, conta Polim, idealizadora do The Flash Day Tattoo.

O caso veio numa entrevista simples, quando indagada sobre o preconceito quanto às tatuagens. Dá para perceber que, hoje, cada vez mais tais ideias têm se desfeito. Muito pelo contrário, a tatuagem vem agregando cada vez mais seu devido (e já reconhecido) status de arte corporal. Junto de Ulisses Henrique, da Is Cool tatuagens, e de Maiene Horbylon, da Casulo Moda Coletiva, Polim há dois anos realiza o evento que reúne tatuadores para um dia de flashs, valorizando assim este trabalho.

A iniciativa propõe valorizar a arte de profissionais que, muitas vezes no mercado, se veem atados a uma vontade do cliente por determinada tatuagem, que foge aos seus estilos. O The Flash, então, oferece o trabalho/estilo do tatuador, seja o old school, aquarela ou blackwork, por exemplo — agradando, assim, os diversos gostos.

Bru Simões atrai um público enorme quando vem a Goiânia

Bru Simões atrai um público enorme quando vem a Goiânia

O The Flash Weekend Tattoo, uma extensão do projeto original, começou no ano passado, dentro do Festival Bananada. Nesta edição, ele volta a integrar a programação dos três dias de atrações no Centro Cultural Oscar Niemeyer. Serão 12 tatuadores. Dentre eles, Polim destaca alguns que fazem sucesso quando vêm a Goiânia. É o caso de Bru Simões, de Vitória (ES), e da aposta Rafo Castro, ilustrador que se enveredou recentemente nas artes da tatuagem e que, nela, também tem muito se destacado.

E, como eles, os incríveis André Costa (SP), Da Cruz (DF), Felipe Indini (SP), Gabriela Arzabe (DF), Gabriela Fune (DF), Taiom (DF) vêm a Goiânia para alegria da geral. Claro, os goianos Lays Alencar, Mitsuo Kushida, Rafael Fleury e Victor Rocha fazem as honras da casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.