Perda vitoriosa

Reprodução

Reprodução

O projeto “Terça Poética” propõe bordar suas tardes preguiçosas de terça-feira com versos de poesia. Nesta semana, publicamos o poema “Perda vitoriosa”, da jornalista Marielle Sant’Ana. Ele foi publicado, originalmente, no blog “Academia de Neurônios”, existente desde 2009. Quer participar com seus poemas? Envie-os pelo e-mail [email protected] Seguem os versos de Marielle.

Foi dado o abraço apertado
guardado e aguardado há anos.
E toda aquela sensação molhada
desconfortável passou.
Fiquei sequinha em folha.

Amei você sempre em pensamento,
é verdade.
E a grandeza do seu ego
acabou com meu pensamento.

Agora quando te vejo, não te enxergo.
Escuto, mas não te ouço.
Toco, mas não te sinto.
Era para ser sintoma de paixão,
mas é a mais pura e verdadeira indiferença.

Ontem queria ser mulher o suficiente para você.
Hoje você não é homem o suficiente para mim.

Queria fazer meu corpo e alma sentir
cada gota de amor romper, irromper, corromper
todo o campo das minhas ideias.
Aí, os dados que lancei no jogo
inverteram minha sorte.
Azar o seu. rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.