Modelo Rick Genest, o “Zombie Boy”, morre aos 32 anos

Canadense ganhou fama principalmente após estrelar o clipe “Born this way”, de Lady Gaga; polícia afirma que foi suicídio

Foto: Divulgação

O mundo do showbizz e do POP está de luto. Morreu aos 32 anos, em Montreal, no Canadá, o modelo Rick Genest. O nome não é tão famoso, mas seu rosto se tornou inconfundível.

Conhecido como “Zombie Boy”, se tornou famoso pelas suas tatuagens, que cobriam todo o seu corpo e o rosto, lhe conferindo um visual tão único quanto intimidador.

O modelo foi encontrado morto em seu apartamento nesta quarta-feira (1º), segundo fontes da polícia do site Radio-Canada. As autoridades classificam a morte como suicídio. Ele completaria 33 anos no próximo dia 7.

Ficou mundialmente conhecido por participar do clipe “Born this way”, de Lady Gaga, em 2011. Profundamente abalada com a morte, Gaga fez uma homenagem a Genest em sua conta no Twitter. Amigos e fãs do modelo também lamentaram a morte nas redes sociais.

 

 

“O suicídio do amigo Rick Genest, Zombie Boy, é mais do que devastador. Nós temos que trabalhar mais duro para mudar a cultura e trazer a saúde mental à tona e apagar o estigma de que não podemos falar a respeito. Se você está sofrendo, ligue para um amigo ou para a família hoje. Nós temos que salvar uns aos outros”, desabafou a cantora.

https://platform.twitter.com/widgets.js

“Zombie Boy” era dono do recorde mundial de tatuagens de insetos (176) e de tatuagens de ossos humanos (139). O aspecto bizarro atraiu o interesse de estilistas e se tornou modelo, participando de desfiles importantes em Paris e em Berlim. Ele também participou de filmes, como “47 ronins” (2013), com Keanu Reeves.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.