Manga de Vento traz a Cia madrilena Provisional Danza, que apresenta três espetáculos na cidade

Fotos:  Juan Carlos Toledo

Fotos: Juan Carlos Toledo

“Você consegue imaginar? Outra forma de viver?”, pergunta o espetáculo de dança “Algún Día”. É que a Cia madrilena Provisional Danza sabe bem que “a valentia é uma tarefa para extraordinários” e, por isso, pergunta “quem consegue entender que hoje é o futuro do que já passou?”. Consegue entender que já não se preocupa com o hoje, e sim com o amanhã, com o que algum dia deixará de se preocupar? É isso “Algún Día”, o espetáculo que a Cia dançará nos palcos do Sesc Centro, nesta quinta-feira, 21.

Antes, na noite de amanhã, as anfitriãs da Casa Corpo, Lu Celestino e Luciana Ribeiro, propõem um Encontro Con(versado), uma reflexão sobre o fazer coletivo na dança. Já na sexta-feira, a Provisional apresenta o espetáculo “En Blanco”, no Teatro Basileu França, como encerramento das atividades do II Seminário de Semiologia, Dramaturgia e Estética: Imagem e Imaginário. Após a dança, o professor Kleber Damaso guiará um bate-papo com os artistas; e foi ele mesmo quem trouxe a Cia para Goiânia, pelo Circuito Manga de Vento.

O espetáculo "Volveré Cuando las Cosas se Aclaren", será apresentado no sábado, 23, no Teatro Sesi. É a despedida da Cia Provisional Danza

O espetáculo “Volveré Cuando las Cosas se Aclaren” será apresentado no sábado, 23, no Teatro Sesi. É a despedida da Cia Provisional Danza

Em 2003, o professor conheceu os bailarinos Alejandro Morato e Carmen Werner, no Encontro de Novos Coreógrafos, em Caracas, na Venezuela. “Daquele momento cultivei uma vontade infinda de trazer e ver Alejandro e Carmen dançarem por aqui. Sou profundamente grato pela disponibilidade desses dois grandes artistas e por todas as parcerias que viabilizaram essa realização”. A Provisional nasceu em 1987 com Carmen e, de lá para cá, Alejandro também tem assinado a gestão da Cia, que trabalha a temporalidade, o quão provisórias são as relações, os sentimentos que interpretes e público constroem em cena, em interação, em vida.

A Provisional se despede dos palcos goianos no sábado com o espetáculo “Volveré Cuando las Cosas se Aclaren”. A apresentação traz um trechinho de García Marques: “Comecei com a simplicidade da rotina, ainda que supostamente conhecia de sobra meus métodos, me deu a oportunidade de evocar outros, muitos outros pleitos minúsculos de outros tantos amanheceres turvos”. Traz a vontade de ser bailarina para o Teatro Sesi e dali despede-se a Cia, mostrando quão efêmero é este querer, é esta vida que dança.

Serviço

Data: 20/05
Horário: 19h
Local: Casa Corpo
Contribuição Voluntária.

Algún Día
Data: 21/05
Horário: 20h
Local: Sesc Centro
R$ 10, a inteira

En Blanco
Data: 22/05
Horário: 20h
Local: Teatro Basileu França
Entrada Gratuita

Volveré Cuando Las Cosas Se Aclaren
Data: 23/05
Horário: 20h
Local: Teatro Sesi
R$ 20, a inteira

Deixe um comentário