Livro analisa seriado animado de Batman que revolucionou o gênero de heróis na TV

Obra analisa características do expressionismo alemão e dos filmes noir no seriado que influenciou e transformou o segmento

Sofisticada visualmente e tematicamente, Batman: A Série Animada, exibida de 1992 a 1995, transformou as adaptações dos super-heróis das histórias em quadrinhos para a televisão. Agradaria aos antigos fãs do personagem, bem como adultos e crianças. Muito de seu êxito está nas influências de seus realizadores: o investimento em diferentes movimentos de câmera, a fotografia, o design ágil dos personagens e as referências cinematográficas, principalmente ao expressionismo alemão, herança direta dos dois filmes dirigidos pouco tempo antes por Tim Burton, e o noir.

Batman: A Série Animada – Uma Revolução dos Heróis na TV é uma análise feita pelo jornalista e crítico de cinema André Azenha, que passa pela história do Batman até os anos 1990, apresenta os contextos e principais características do expressionismo alemão, os filmes noir, passa pela obra de Tim Burton e chega à análise do seriado. “Este livro é a minha dissertação de mestrado, mas adaptado, com o intuito de servir de pesquisa para acadêmicos, estudantes, mas também agradar aos fãs do Batman, de histórias em quadrinhos, de heróis em geral e quem deseja conhecer mais sobre o personagem e esse programa televisivo que marcou gerações”, ressalta André.

O livro é editado pela Amavisse, o selo de publicações acadêmicas da Editora Patuá, uma pequena editora independente que, apesar disso, já ganhou trêsvezes o Prêmio Jabuti (com mais de 10 indicações), duas vezes o Prêmio São Paulo de Literatura (com mais oito indicações) e o Prêmio Casa de las Américas, de Cuba, como melhor romance de 2018, além de alguns outros prêmios que ganhou ou esteve finalista ou semifinalista.

“Para compreender o impacto da série, o autor foi em busca das inspirações dos próprios criadores de Batman: os sombrios filmes expressionistas alemães dos anos 1920 e seus legítimos herdeiros hollywoodianos – os filmes noir.  Com ampla pesquisa visual, André Azenha demonstra, em suas análises, como a série animada foi capaz de reconhecer e, ao mesmo tempo, reinventar as referências originais do Homem-Morcego. Um livro obrigatório para os fãs brasileiros de Batman”, escreve a Professor Doutora Laura Loguercio Cánepa no texto de orelha do livro.

“O estudo que Azenha realizou em Batman: A Série Animada – Uma Revolução dos Heróis na TV é um daqueles trabalhos em que o pesquisador ou fã dos quadrinhos se pergunta: por que eu não pensei nisso? Nessa obra, ele nos convida a viajarmos no tempo para uma experiência de descoberta do Cavaleiro de Gotham e das revistas em quadrinhos, além das inovações de Batman A Série Animada, com influências do expressionismo alemão e do film noir”, ressalta o Professor e Mestre em Comunicação Celso Ronald, autor do texto da quarta capa.

O prefácio e o posfácio do livro são assinados respectivamente pelo Professor Doutor Jamer Guterres de Mello, orientador de André na dissertação, e Paul Azenha, coorganizadora do Santos Film Fest e da exposição Batman 80 Anos – Trajetória do Homem-Morcego no Cinema: Uma Homenagem.

A venda é realizada pelos seguintes links, inclusive a Amazon

Gataria https://www.editoragataria.com.br/produto/542035/batman-a-serie-animada-uma-revolucao-dos-herois-na-tv

Patuá https://www.editorapatua.com.br/produto/236554/batman-a-serie-animada-uma-revolucao-dos-herois-na-tv-de-andre-azenha

Amazon https://www.amazon.com.br/dp/6588152035

Sobre o autor: André Azenha, crítico de cinema, jornalista, produtor cultural, curador e pesquisador. Mestre em Audiovisual pela Universidade Anhembi Morumbi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.