Lirismo pernambucano no Projeto Música no Câmpus

Pernambucanos do Cordel do Fogo Encantado retornam a Goiânia com a turnê de Viagem Ao Coração do Sol, disco que marca retorno da banda aos palcos. Apresentação acontece no Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Goiás

Cordel de Fogo Encantado | Foto: divulgação

De volta à estrada para divulgar seu mais recente trabalho, Viagem Ao Coração do Sol, disco que marca seu retorno aos palcos, a banda pernambucana Cordel do Fogo Encantado desembarca em Goiânia nesta terça-feira (11), para apresentação no Centro de Cultura e Eventos Prof. Ricardo Freua Bufáiçal – Câmpus Samambaia da Universidade Federal de Goiás, dentro do projeto Música no Campos.

A expectativa é que o grupo dê continuidade ao seu consagrado formato de show, marcado pela ousada mistura sonora, intensidade cênica dos integrantes e requintado projeto de iluminação e cenário, além de todo o lirismo musical tão característico do repertório. Para aqueles mais saudosistas, não clássicos dos discos Cordel do Fogo Encantado (2001), O Palhaço do Circo Sem Futuro (2002) e Transfiguração (2006).

Confira o clipe de Liberdade, A Filha do Vento, primeiro single do álbum

Cordel do Fogo Encantado – Liberdade, A Filha do Vento (Clipe Oficial)

www.youtube.com

Videoclipe oficial de “Liberdade, A Filha do Vento”, primeiro single do quarto álbum do Cordel do Fogo Encantado. Assista também ao clipe 360°: https://youtu.be …

O Cordel do Fogo Encantado surgiu em 1997, em Arcoverde, sertão de Pernambuco, em um grupo cênico-musical que tinha a proposta de compartilhar o teatro e a poesia oral e escrita dos cantadores e ritmos afro-indígenas da região.

Mas foi no carnaval de Recife de 1999 que consolidou sua formação com José Paes de Lira (Lirinha), Clayton Barros e Emerson Calado, e os percussionistas recifenses, Nego Henrique e Rafael Almeida (do Morro da Conceição). O disco de estreia foi lançado em 2001, com ilustre produção musical de Naná Vasconcelos.

Cordel é sinônimo de história de um povo em forma de poesia. Enquanto, Fogo é o elemento mais representativo do lugar de origem e da intenção músico-poética inconstante e mutável do grupo. Já Encantado ressalta a visão fantástica e profética dos mistérios entre o céu e a terra.

Serviço:

Projeto Música no Câmpus –   CORDEL DO FOGO ENCANTADO

Dia: 11 de setembro de 2018 (terça-feira)

Horário: 20h30

Abertura dos Portões: 20h

Local: Centro de Cultura e Eventos da UFG – Campus Samambaia

Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia)

Pagam meia: Estudantes, Professores e Técnicos Administrativos da UFG, Beneficiários Unimed, Professores da Rede Pública de Ensino.

Pontos de venda: Livrarias UFG e República da Saúde

Deixe um comentário