IFG-Aparecida recebe o projeto “Captando Danças”

Mostra busca fortalecer a linguagem da fotografia artística e as danças praticadas pelos públicos jovens

As imagens são da fotógrafa Amanda Pascoal | Foto: Divulgação/Amanda Pascoal

Instantes poéticos presentes nos atos de dançar em suas diversas formas e ocasiões. Alguns explícitos, outros despercebidos, pessoas que dançam em festas, casas, igrejas, escolas, nas ruas e outros lugares cotidianos. São elementos que compõem o projeto Captando Danças, que começa nesta segunda-feira (5), no Instituto Federal de Goiás – Campus Aparecida de Goiânia.

Com apoio do Fundo de Cultura do Estado de Goiás, a mostra busca fortalecer a linguagem da fotografia artística e as danças praticadas pelos públicos jovens, na cidade de Aparecida de Goiânia (GO). Traz a pesquisa como ponte para mostras e concursos e aprimoramento de técnicas para futuros trabalhos nestes campos.

As imagens são da fotógrafa Amanda Pascoal, 19 anos, acadêmica do curso de Pedagogia Bilíngue, também do IFG- Aparecida. O que era apenas um hobby abriu o olhar da jovem e estreitou sua relação com a fotografia. “Eu imaginava o projeto de uma forma bem clichê, onde eu iria apenas fotografar profissionais ou estudantes de Dança dançando, ensaiando, se apresentando. Fomos além disso, mostrando danças cotidianas, seja nas ruas, em igrejas, em festas na faculdade. Pude aprender muito com cada experiência e local fotografado”, explica.

A curadoria e as instigações do Captando Danças ficou por conta do arquiteto e urbanista, graduado pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), graduando do curso de Artes Visuais Licenciatura (UFG) e fotógrafo por interesses próprios Ítalo Augusto; e, Ilâne Nunes, estudante do curso de Artes Visuais na mesma instituição. “Meu olhar fotográfico em relação à dança tem se desenvolvido, hoje eu tenho uma percepção diferente a respeito desta linguagem e de seus movimentos, com ou sem intenções, onde surge dança…”, completa Amanda, ao avaliar o trabalho dos curadores.

Exposições
A primeira exposição acontece dos dias 5 a 12 de novembro, no IFG – Campus Aparecida de Goiânia, com presença de Amanda Pascoal na abertura. As fotografias estarão disponíveis para visitação de segunda a sexta das 12h30 às 20h30 e sábado, das 8h às 12h.

O Instituto Educação Profissional do Estado de Goiás (Itego) recebe o projeto na sequência, entre os 19 e 23/11 e no dia 26/11, com visitação das 8h às 12h e 14h às 18h. A terceira e última exposição acontece no CEU das Artes – Cidade Vera Cruz, em Aparecida de Goiânia, entre os dias 2 e 11/12, com acesso público das 8h às 12h e das 14h às 18h.

A responsabilidade social também compõe a programação do Captando Danças. As exposições receberão como convidados públicos atendidos pela Associação Pestalozzi de Goiânia – CAE Peter Pan; Apae – Aparecida de Goiânia; do Curso de Pedagogia Bilíngue – IFG Aparecida; deficientes visuais da Associação dos Deficientes Visuais do Estado de Goiás (ADEVG).

Serviço:
Captando Danças
Exposição 1 – 05/11 até 14/11 – Instituto Federal de Goiás – Campus Aparecida
15h – Abertura e fala da responsável pelo projeto Amanda Pascoal
Exposição: segunda a sexta das 12h30 às 20h30 e sábado, das 8h às 12h.
Av. Universitária Vereador Vagner da Silva Ferreira, Quadra 1, Lote 1-A, S/N – Parque Itatiaia

Exposição 2 – 19 a 23/11 e 26/11 – ITEGO Jd. Buriti Sereno
Rua Resende – Jardim Buriti Sereno
Exposição: 8h às 12h e 14h às 18h

Exposição 3 – 02/12 até 11/12 – CEU das Artes – Conjunto Vera Cruz II
Av. V-005, s/n – Cidade Vera Cruz, Aparecida de Goiânia
Exposição: 8h às 12h e 14h às 18h

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.