As grandes frases da lenda viva do cinema Clint Eastwood

O ator e diretor californiano, lenda viva dos westerns, completou 85 anos no último dia 31 de maio / Divulgação

Yago Rodrigues Alvim

Veio filho dum ano de 1930 californiano, cidade de San Francisco. Nasceu ele de Margaret Ruth e Clinton Eastwood, se consagrando como uma das lendas vivas do cinema: Clint Eastwood. Recente cumpleaños, é um ator imortal, diretor ilustre. Dos bang-bangs, Clint se alçou entre os grandes atores de Hollywood com os western spaghetti de Sergio Leone, nos anos 1960 –– a conhecida “Trilogia dos Dólares”. Nas duas décadas seguintes, deu vida ao personagem Harry Callahan, na série de filmes “Perseguidor Implacável”.

Como diretor, tem grandes joias, como “Bird” (1988); “Os imperdoáveis” (1992), longa em que também foi protagonista; “Menina de Ouro” (2004); “Cartas de Iwo Jima” (2006); e “Gran Torino” (2008) –– filmes que levaram para casa Oscars, Globos de Ouro e César Awards. Seus últimos trabalhos foram “Jersey Boys” (2014) e “Sniper Americano” (2014), trabalho indicado ao Oscar de Melhor Filme.

Em homenagem aos 85 anos de Clint, o jornal madrileño ABC, via Hoy Cinema, listou as 10 célebres frases de filmes do californiano.

1) “Conte-me. Ele não assume que o xerife deve ser valente, leal e, acima de tudo, honesto? Eu acho que você precisa de um novo xerife.” (Por uns dólares a mais, 1965)
2) “O mundo está dividido em duas categorias: aqueles com arma car­regada e aqueles que cavam. Você cava.” (O bom, o mau e o feio, 1966)
3) “Eu sei o que você está pensando: ‘Havia cinco ou seis tiros?’. Bem, na verdade, com todo esse alarde, eu já perdi a conta. Mas sendo uma Magnum 44, o revólver mais poderoso no mundo que poderia explodir sua cabeça, a pergunta que você tem que fazer é: ‘Me sinto com sorte hoje?’” (Perseguidor Implacável, 1971)
4) “Um homem deve conhecer suas limitações.” (Magnum Force, 1973)
5) “Alguém deixou a porta aberta e os cães errados entraram.” (O Estranho sem Nome, 1973)
6) “Vamos lá, fazer o meu dia.” (Impacto Fulminante, 1983)
7) “Eu sou o sargento da estrada. Eu be­bi mais cerveja, mijei mais sangue, eu perdi mais pós e quebrei mais ovos que todos vocês, imbecis.” (O Destemido Senhor da Guerra, 1986)
8) “Quando você matar alguém, não só tire tudo o que ele tiver, mas também o que ele poderia chegar a ter.” (Os imperdoáveis, 1992)
9) “Não quero precisar de você… porque eu não posso ter você.” (As Pontes de Madison, 1995)
10) “Pequena, ser dura não é o suficiente.” (Menina de Ouro, 2004)
Frase bônus: “Você já reparou que, ocasionalmente, você pode se encontrar com alguém que você não deveria se meter? Esse sou eu.” (Gran Torino, 2008)

3 respostas para “As grandes frases da lenda viva do cinema Clint Eastwood”

  1. Avatar Felipe Alves disse:

    faltou a melhor “Já matei mulher e criança. Já matei quase tudo que anda ou se arrasta, e to aqui para matar você Little Bill!!!!!!.”

  2. Avatar Paulo Sergio Pecchio disse:

    Faltou “_ Play Misty for me, Sam !”, parodiando Casablanca..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.