Goiânia Mostra Curtas chega à maioridade

Festival completa 18 edições bastante consolidado no calendário cultural da capital. Pocket show com a banda goiana Carne Doce abre programação nesta terça-feira (02/10), no Teatro Goiânia. Este ano, serão 77 produções audiovisuais de 15 estados brasileiros

Estátua (SP), de Gabriela Amaral Almeida, abre programação. A babá Isabel está no sexto mês de gestação e mal pode esperar para ser mãe. Até conhecer Joana | Foto: Divulgação

Chegar à maioridade com uma trajetória consolidada e reconhecida, além de muita experiência no currículo. É neste status a Goiânia Mostra Curtas chega à sua 18 ª edição, com um dos eventos mais tradicionais do calendário cultural goianiense e já se instalou definitivamente no circuito audiovisual nacional.

Maria Abdalla, diretora geral do festival: “Goiânia Mostra Curtas é o resultado da resistência”

“A 18ª Goiânia Mostra Curtas é o resultado da resistência com um propósito criado há dezoito anos: provocar e estimular o audiovisual no coração do cerrado. Contemplar diferentes formatos de gêneros de curtas-metragens com produções de todo o país demonstra a evolução desse cenário, que a Goiânia Mostra Curtas ajuda a construir e se fortalecer”, afirma Maria Abdalla, diretora geral do festival.

A programação começa na próxima terça-feira (2), com o pocket show de abertura da banda goiana Carne Doce, no Teatro Goiânia. Ainda na noite de abertura, que terá início às 20h, o público poderá assistir o curta-metragem Estátua!, protagonizado por Maeve Jinkings, homenageada do festival ao lado da fundadora da Vitrine Filmes, Silvia Cruz.

Neste ano serão 77 produções audiovisuais de 15 estados brasileiros e o Distrito Federal. Divididos entre as cinco mostras competitivas – Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás, Curta Mostra Animação, 17ª Mostrinha e Curta Mostra Cinema nos Bairros -, serão exibidos 42 curtas de ficção, 17 animações, 13 documentários e 4 experimental.

Abdalla destaca que as produções selecionadas para esta edição têm uma preocupação que vai além da estética e retratam temas como intolerância, discussões de gênero, violência contra a mulher, religião, questões sociais e todo um universo de situações e abordagens emergenciais, desempenhando o papel inegável de ferramenta de expressão, representatividade e denúncia. “A intenção é garantir ao público a possibilidade de se encantar, inquietar, discutir temas pertinentes e se permitir ser tocado por filmes de diferentes temas, origens, gêneros e formatos”, completa.

Pedro Maciel, curador da Curta Mostra Goiás | Foto: Divulgação

Para os filmes que integram a Curta Mostra Brasil, Curta Mostra Goiás e Curta Animação, o corpo de jurados avaliará as categorias de Melhor Filme, Melhor Direção, Prêmio Especial do Júri. Outro júri também será formado para a escolha das premiações do Júri Sesc TV, Júri CineBrasil TV e Elo Company. Entre os prêmios entregues aos vencedores, estão locação de equipamentos, cursos de formação audiovisual, serviços de pós-produção, finalização, distribuição e prêmios de aquisição. Além dos prêmios cedidos pelas empresas de audiovisual, todos os curtas-metragens escolhidos pelos júris, incluindo o júri popular, também recebem o Troféu Icumam, criado pelo artista goiano Gilvan Cabral.

Mostras e atividades paralelas

A Curta Mostra Especial, única não competitiva, em 2018, convida para uma reflexão sobre o papel das mulheres no cinema, com o tema “Gênero e Invenção: tornar-se mulher no cinema de curta-metragem contemporâneo”. A diretora, roteirista, antropóloga e curadora da Mostra Especial, Maíra Bühler, elegeu 12 curtas, que pretendem ampliar o debate sobre relações de gênero, desconstruindo imagens fixas e estereotipadas da mulher e pensando na construção de novas narrativas e subjetividades. A programação da Curta Mostra Especial ainda traz um debate sobre os desafios da desconstrução e da criação da imagem da mulher no cinema. O foco está no tornar-se mulher, como ato performativo, no contra-fluxo da visão de gênero que vai além da essência e na direção de uma proposta política em sua abertura criativa.

 

Também integra o programa da 18ª Goiânia Mostra Curtas o lançamento literário do livro “Feminino e Plural: mulheres no cinema brasileiro”, realizado no hall do Teatro Goiânia. Organizado por Karla Holanda e Marina Cavalcanti Tedesco, a publicação consiste em uma coletânea de textos sobre o cinema feminino brasileiro, dos primórdios na atualidade.

Na Vila Cultural Cora Coralina serão realizadas as tradicionais oficinas que o festival promove. A novidade deste ano será o Laboratório de Roteiros Audiovisual e a Feira Audiovisual, novidade neste ano. Com coordenação de Leila Bourdoukan e curadoria de Ivan Melo, a Feira vai reunir painéis, máster classes, oficinas e um lounge de networking com importantes nomes do meio audiovisual do brasil e do mundo. A intenção é fomentar a atividade audiovisual brasileira, por meio da capacitação e da exibição de um panorama atual da produção nacional em curta-metragem. A agenda completa pode ser conferida no site do festival.

Maeve Jinkings (E) e Silvia Cruz (D): homenageadas do festival | Foto: Divulgação

Feira Audiovisual

Todos os dias, das 17h às 19h, o lounge terá acesso gratuito a todos os tipos de público que deseja conhecer e estabelecer uma rede de contatos, com destaque para estudantes do audiovisual, roteiristas, diretores, produtores e quem deseja conhecer mais sobre o universo cinematográfico. Com direção de Maria Abdalla e curadoria de Leila Bourdoukan e Ivan Melo, a proposta da Feira Audiovisual é ampliar o público de curta-metragem e oferecer um encontro entre profissionais.

Serão promovidos painéis, master classes, oficinas e um lounge de networking com importantes nomes do meio audiovisual do brasil e do mundo. A intenção é fomentar a atividade audiovisual brasileira, por meio da capacitação e da exibição de um panorama atual da produção nacional em curta-metragem.

Entre os profissionais que integram a programação da Feira estão Emmy Sidiras, coordenadora do Cinemart no Festival de Cinema de Roterdã, e Sandro Fiorin, um dos fundadores da FiGa Filmes, uma combinação de agência, distribuidora e produtora, em Los Angeles. Os dois profissionais participam dos painéis Curta-metragem – Produto Cultural ou Comódite Audiovisual? e Financiamentos e Apoios para Curtas-metragens, compartilhando suas experiências e visões de mercado internacional.

Salma Jô, vocalista do Carne Doce: banda faz show de abertura | Foto: Filipa Andreia

Serviço:

18ª Goiânia Mostra Curtas

Quando: de 2 a 7 de outubro

Onde: Teatro Goiânia (Avenida Anhanguera com Avenida Tocantins, Setor Central)

Entrada: gratuita

Cerimônia de Abertura

Quando: 2 out (ter), às 20h

Homenagem: Maeve Jinkings e Silvia Cruz

Pocket Show: Carne Doce

Cerimônia de Encerramento

Quando: 7 out (dom), às 20h

Performance Musical: Cocada Coral

www.goianiamostracurtas.com.br

PROGRAMAÇÃO DE FILMES

Terça-feira (2/10)

8H – ABERTURA

Estátua! (SP) – 2014 – Fic – 24’. Direção Gabriela Amaral Almeida [14 anos]

Quarta-feira (3/10)

9H – 17ª MOSTRINHA

Público: alunos das redes públicas municipal e estadual de educação

Local: Teatro Goiânia

O Espírito do Bosque (SP) – 2017 – Fic -15 min. Direção: Carla Saavedra Brychcy [Livre]

Cor de Pele (PE) – 2018 – Fic – 15 min. Direção: Livia Perini [Livre]

A Câmera de João (GO) – 2017 – Fic – 22 min. Direção: Tothi Cardoso [Livre]

Adeus (PE) – 2017 – Ani – 11 min. Direção: Marília Feldhues [Livre]

Iara (MG) – 2018 – Fic – 14 min. Direção: Erika Santos e Cássio Pereira dos Santos [Livre]

As Bordadeiras do Jardim (SP) – 2017 – Ani – 3 min. Direção: Julia Vellutini [Livre]

15H – CURTA MOSTRA GOIÁS

Local: Teatro Goiânia

O Cego da Casa Amarela (GO) – 2018 – Fic – 18 min. Direção: Joachim Nadar e Lemuel Gandara [Livre]

O Malabarista (GO) – 2018 – Ani – 11 min. Direção: Iuri Moreno [Livre]

Assim Nascem as Amoras (GO) – 2017 – Exp – 5 min. Direção: Larry Machado [Livre]

Frame Fatal (GO) – 2017 – Fic – 21 min. Direção: Thiago Rabelo [14 anos]

MONDO LXXV (GO) – 2017 – Exp – 7 min. Direção: Rei Souza [Livre]

Alô, maman (GO) – 2018 – Fic – 11 min. Direção: Michely Ascari [Livre]

O Tamanho da Pedra (GO) – 2017 – Fic – 16 min. Direção: Hélio Fróes [Livre]

19H – CURTA MOSTRA BRASIL

Local: Teatro Goiânia

Maré (BA) – 2018 – Fic – 22 min. Direção: Amaranta Cesar [Livre]

Fantasia de Índio (PE) – 2017 – Doc – 18 min. Direção: Manuela Andrade [Livre]

Apenas o Que você Precisa Saber Sobre Mim (SC) – 2017 fic 15 min. Direção: Maria Augusta [14 anos]

Kairo (SP) – 2018 Fic – 15 min. Direção: Fabio Rodrigo [Livre]

Que Som Tem a distância? (RS) – 2018 – Doc – 15min. Direção: Marcela Schild [Livre]

Intervalo – 15 minutos

Avalanche (AL) – 2017 – Fic – 21 min. Direção: Leandro Alves [12 anos]

Afronte (DF) – 2017 – Doc – 16 min. Direção: Bruno Victor e Marcus Azevedo [Livre]

A Mulher do Treze (ES) – 2017 – Fic – 16 min. Direção: Rejane Kasting Arruda [12 anos]

A Canção de Alice (CE) – 2018 – Fic – 15 min. Direção: Bárbara Cariry [Livre]

Quinta-feira (4/10)

9H – 17ª MOSTRINHA

Público: alunos das redes públicas municipal e estadual de educação

Local: Teatro Goiânia

O Espírito do Bosque (SP) – 2017 – Fic -15 min. Direção: Carla Saavedra Brychcy [Livre]

Cor de Pele (PE) – 2018 – Fic – 15 min. Direção: Livia Perini [Livre]

A Câmera de João (GO) – 2017 – Fic – 22 min. Direção: Tothi Cardoso [Livre]

Adeus (PE) – 2017 – Ani – 11 min. Direção: Marília Feldhues [Livre]

Iara (MG) – 2018 – Fic – 14 min. Direção: Erika Santos e Cássio Pereira dos Santos [Livre]

As Bordadeiras do Jardim (SP) – 2017 – Ani – 3 min. Direção: Julia Vellutini [Livre]

15H CURTA MOSTRA GOIÁS

Local: Teatro Goiânia

Kris Bronze (GO) – 2018 – Doc- 24 min. Direção: Larry Machado [14 anos] Wide Awake (GO) – 2018 – Exp – 7 min. Direção: Rafael de Almeida [18 anos] Lilith (GO) – 2018 – Fic – 20 min. Direção: Edem Ortegal [18 anos]

Diriti de Bdè Burè (GO) – 2018 – Doc – 18 min. Direção: Silvana Beline [Livre]

Sr. Raposo (GO) – 2018 – Ficção – 22min. Direção: Daniel Nolasco [18 anos]

19H – CURTA MOSTRA BRASIL

Local: Teatro Goiânia

Nova Iorque (PE) – 2018 – Fic – 24 min. Direção: Leo Tabosa [Livre]

A Retirada Para Um Coração Bruto (MG) – 2017 – Fic 14 min. Direção: Marco Antônio Pereira [Livre] Estamos Todos Aqui (SP) – 2017 – Fic – 19 min. Direção: Chico Santos e Rafael Mellim [10 anos] Maria (AM) – 2017 – Doc – 17 min. Direção: Elen Linth e Riane Nascimento [12 anos]

Terremoto Santo (PE) – 2017 – Doc – 19 min. Direção: Bárbara Wagner & Benjamin de Burca [Livre]

Intervalo – 15 minutos

Conte isso àqueles que dizem que fomos derrotados (PE)/(MG) – 2018 – Doc – 23 min. Direção: Aiano Bemfica, Camila Bastos, Cristiano Araújo e Pedro Maia de Brito [Livre]

A Gente Nasce Só de Mãe (MT) – 2017 – Fic – 18 min. Direção: Caru Roelis [14 anos]

À Cura do Rio (MG) – 2017 – Fic – 18 min. Direção: Mariana Fagundes [Livre]

O Cego da Casa Amarela (GO) – 2018 – Fic – 18min. Direção: Joachim Nadar e Lemuel Gandara [Livre]

 Sexta-feira (5/10)

15H – CURTA MOSTRA ANIMAÇÃO

Local: Teatro Goiânia

Torre (SP) – 2017 – Ani – 18 min. Direção: Nádia Mangolini [12 anos]

Me, by J-Money (SP) – 2017 – Ani – 1min. Direção: Daniel Bruson [Livre] Guaxuma (PE) – 2018 – Ani – 14 min. Direção: Nara Normande [12 anos] Mãe (RJ) – 2018 – Ani – 3min. Direção: Gordeeff [Livre]

Garoto transcodificado a partir de fosfeno (SP) – 2017 – Ani – 2 min. Direção: Rodrigo Faustini [Livre]

@Disexta (SP) – 2018 – Ani – 11 min. Direção: André Catoto [Livre]

O Malabarista (GO) – 2018 – Ani – 11 min. Direção: Iuri Moreno [Livre]

As Bordadeiras do Jardim (SP) – 2017 – Ani – 3min. Direção: Julia Vellutini [Livre]

Relatividade (PR) – 2018 – Ani – 3 min. Direção: Carlon Hardt [Livre]

Almofada de Penas (SC) – 2018 – Ani – 12 min. Direção: Joseph Specker Nys [12 anos]

Paula Cavalciuk – Morte E Vida Uterina (SP) – 2017 – Ani – 4 min. Direção: Daniel Bruson [Livre]

Destino (SP) – 2017 – Ani – 1 min. Direção: Moisés Pantolfi [Livre]

Aquário (SP) – 2018 – Ani – 2 min. Direção: Alice Andreoli Hirata [Livre]

Boi (SP) – 2018 – Ani – 13 min. Direção: Lucas Bettim e Renan Carvalho [Livre]

O Homem na Caixa (RJ) – 2018 – Ani – 19 min. Direção: Ale Borges, Alvaro Furloni e Guilherme Gehr [18 anos]

19H – CURTA MOSTRA BRASIL

Local: Teatro Goiânia

Imagem e Semelhança (SP) – 2018 – Fic – 15 min. Direção: Rogério Borges [Livre]

Fervendo (BA) – 2017 – Fic – 16 min. Direção: Camila Gregório [12 anos]

Tea For Two (SP) – 2018 – Fic 25 min. Direção: Julia Katharine [10 anos]

Febre (SP) – 2017 – Fic -23 min. Direção: João Marcos de Almeida e Sergio Silva [12 anos]

Lui (PR) – 2018 – Fic – 18 min. Direção: Denise Kelm [16 anos]

Intervalo – 15 minutos

Kris Bronze (GO) – 2018 – Doc – 24min. Direção: Larry Machado [14 anos]

Tentei (PR) – 2017 – Fic – 15 min. Direção: Laís Melo [14 anos]

Carne (RJ) – 2017 – Fic – 11 min. Direção: Mariana Jaspe [12 anos]

Aquarela (MA) – 2018 – Fic – 15 min. Direção: Thiago Kistenmacker e Al Danuzio [16 anos]

Sábado (6/10)

14H – CURTA MOSTRA ESPECIAL GÊNERO E INVENÇÃO: TORNAR-SE MULHER NO CINEMA DE CURTA-METRAGEM CONTEMPORÂNEO

Local: Teatro Goiânia

Parte 1 – Criar, emancipar, denunciar. Não necessariamente nessa ordem.

Mini Miss (PE) – 2018 – Doc – 15 min. Direção: Rachel Daisy Ellis [Livre] Quem matou Eloá? (SP) – 2016 – Doc – 24 min. Direção: Lívia Perez [12 anos] Sweet Heart (SP) – 2018 – Fic – 21 min. Direção: Amina Jorge [14 anos] Latifúndio (RJ) – 2017 – Exp – 11 min. Direção: Érica Sarmet [18 anos]

Estado Itinerante (MG) – 2016 -Fic – 25 min. Direção: Ana Carolina Soares [Livre]

Trans*lúcidx (PR) – 2014 – Doc – Exp – 10 min. Direção: Miro Spinelli [14 anos]

19H – CURTA MOSTRA BRASIL

Local: Teatro Goiânia

O Órfão (SP) – 2018 – Fic 15 min. Direção: Carolina Markowicz [Livre] Guaxuma (PE) – 2018 – Ani – 14 min. Direção: Nara Normande [12 anos] BR3 (RJ) – 2017 – Fic – 23 min. Direção: Bruno Ribeiro [16 anos]

Sweet Heart (SP) – 2018 – Fic – 21 min. Direção: Amina Jorge [14 anos] MC Jess (RJ) – 2018 – Fic – 20 min. Direção: Carla Villa-Lobos [16 anos] Intervalo – 15 minutos

Mini Miss (PE) – 2018 – Doc – 15 min. Direção: Rachel Daisy Ellis [Livre] Boca de Loba (CE) – 2018 – Fic – 19 min. Direção: Bárbara Cabeça [12 anos] Reforma (PE) – 2018 – Fic – 16 min. Direção: Fábio Leal [18 anos]

Latifúndio (RJ) – 2017 – Exp – 11 min. Direção: Érica Sarmet [18 anos]

Domingo (7/10)

10H30 – 17ª MOSTRINHA

Aberta ao público infantil

Local: Teatro Goiânia

O Espírito do Bosque (SP) – 2017 – Fic -15 min. Direção: Carla Saavedra Brychcy [Livre]

Cor de Pele (PE) – 2018 – Fic – 15 min. Direção: Livia Perini [Livre]

A Câmera de João (GO) – 2017 – Fic – 22 min. Direção: Tothi Cardoso [Livre]

Adeus (PE) – 2017 – Ani – 11 min. Direção: Marília Feldhues [Livre]

Iara (MG) – 2018 – Fic – 14 min. Direção: Erika Santos e Cássio Pereira dos Santos [Livre]

As Bordadeiras do Jardim (SP) – 2017 – Ani – 3 min. Direção: Julia Vellutini [Livre]

14H – CURTA MOSTRA ESPECIAL GÊNERO E INVENÇÃO: TORNAR-SE MULHER NO CINEMA DE CURTA-METRAGEM CONTEMPORÂNEO

Local: Teatro Goiânia

Parte 2 – Denunciar, criar, emancipar. Não necessariamente nessa ordem.

A Boneca e o Silêncio (SP) – 2015 – Fic – 19 min. Direção: Carol Rodrigues [14 anos]

KBELA (RJ) – 2015 – Fic – 21 min. Direção: Yasmin Thayná [Livre] Outras (SP) – 2017 – Doc – 22 min. Direção: Ana Julia Travia [Livre] Tailor (RJ) – 2017 – Ani – 09 min. Direção: Calí dos Anjos [12 anos]

No Devagar Depressa dos Tempos (SP) – Doc – 25 min. Direção: Eliza Capai [Livre]

Peripatético (SP) – Fic – 15 min. Direção: Jessica Queiroz [Livre]

20H ENCERRAMENTO

Passageira S8 (PE) – 2009 – Exp – 10’. Direção: Bidu Queiroz [Livre]

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.