Goiana Larissa Mundim toma posse na Comissão Nacional de Incentivo à Cultura

Escritora e editora foi eleita como conselheira suplente no segmento cultural humanidades

Larissa Mundim. Foto: Reprodução/Facebook

A escritora e editora goiana Larissa Mundim tomou posse na Comissão Nacional de Incentivo à Cultura, da Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cidadania. A cerimônia aconteceu nesta segunda-feira (18/3), em Brasília. Indicada pela Fundação Dorina Nowill, de São Paulo, Larissa foi eleita como conselheira suplente no segmento cultural humanidades. “Muito trabalho anunciado. Grata, Fundação Dorina Nowill, pela oportunidade de colaborar para a Cultura e a Arte no Brasil”, escreveu Larissa em seu Facebook.

Estiveram presentes o ministro da Cidadania, Osmar Terra; o secretário Especial da Cultura, Henrique Pires; e o secretário de Fomento e Incentivo à Cultura, José Paulo Soares Martins. A Comissão Nacional de Incentivo à Cultura é órgão colegiado de assessoramento direto ao ministro de Estado da Cidadania e integra a estrutura deste ministério, sob gestão da Secretaria Especial da Cultura.

Larissa (3ª da esquerda para direita) nafoto oficial da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura, empossada para o biênio 2019/2020. Foto: Assessoria de Comunicação/Ministério da Cidadania

Segundo o ministro da Cidadania, Osmar Terra, a nova composição da CNIC conta com pessoas muito qualificadas, com excelente currículo, que vão, voluntariamente, dedicar um tempo à cultura. “Estou muito otimista com essa parceria. Vamos democratizar, descobrir novos talentos, divulgar a arte em uma escala grande, em todos os municípios. Vamos divulgar o audiovisual, o teatro, a música, a dança, entre outras manifestações artísticas. Temos uma nova meta para atingir e vamos conseguir isso juntos”, declarou.

A comissão é responsável por analisar e emitir parecer sobre os projetos culturais que buscam apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (8.313/91). Os projetos culturais são avaliados com base em critérios estritamente técnicos, estipulados pelo Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac).

Para entrar em vigor, as decisões da CNIC precisam ser homologadas pela Secretaria de Fomento e Incentivo à Cultura da Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania. A comissão se reúne mensalmente em Brasília. O primeiro encontro é nesta terça-feira (19/3) e se estenderá até a sexta (22/3). Até o momento, 227 projetos estão pautados para serem avaliados durante o encontro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.