Sociedade Brasileira de Pediatria demonstrou preocupação com o desenho animado

Foto ilustrativa da séria Super Drags original Netflix

Alvo de inúmeros debates antes mesmo de sua estreia, a série Super Drags polemizou a ponto da Netflix, produtora original do conteúdo, anunciar seu cancelamento. A única temporada lançada pelo serviço streaming possui cinco episódios, agora, desprovidos de continuidade.

Aparentemente a decisão foi tomada com base nas diversas manifestações de repúdio ao conteúdo. Por meio de nota, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) se manifestou dizendo que via, à época, com preocupação o anúncio de estreia do desenho animado. O documento emitido pela Sociedade acrescenta que “a SBP respeita a diversidade e defende a liberdade de expressão e artística no País, no entanto, alerta para os riscos de se utilizar uma linguagem iminentemente infantil para discutir tópicos próprios do mundo adulto, o que exige maior capacidade cognitiva e de elaboração por parte dos espectadores.”

Nos comentários do trailer oficial publicado pela Netflix, seguidores da página também se manifestaram. Uma assinante diz que “acabou essa história de mensagem subliminar agora é na cara de pau mesmo”; outro questiona: “por que tudo que é escroto faz fama hoje em dia?”; um terceiro chega a declarar que a Netflix perdera um assinante. “5 anos de parceria terminada”, pontou.

A história gira em torno de três amigos gays que, ao cair da noite, se transformam em Drag Queens. Veja o que diz a sinopse: “Nesta animação super adulta, três amigos dão duro numa loja com um chefe escroto, mas levam uma vida secreta com as Super Drags montadas para encarar o crime e a caretice”

Mesmo adotando o gênero animação para abordagem do tema, o conteúdo não é destinado ao público infantil como bem frisa a sinopse. A classificação indicativa é de 16 anos, portanto, o desenho não foi disponibilizado na plataforma exclusiva para as crianças. O desenho, estrelado por Fernando Mendonça, Sérgio Cantú e Wagner Follare, até o momento permanece disponível e, ao que tudo indica, não há previsões para que a exibição seja interrompida.

Veja o trailer: